Archive for the SOLIDARIEDADE Category

DESESPERO : Lula institui dia da ‘Marcha para Jesus’

Posted in CURIOSIDADES, DINHEIRO, DIVERSOS, DOAÇÃO, FIGURINO, HUMOR, IMPUNIDADE, Luiz Inácio Lula da Silva, LULA, Negócio da China, NOTICIAS, NOVELA, OPORTUNIDADES, POLITICA, SOLIDARIEDADE, TÔ SEM PALAVRAS..., TV on 4 de Setembro de 2009 by os.maias













_Política

var hasComments = true;

quinta-feira, 3 de setembro de 2009, 17:33 | Online

Componentes.montarInfoNoticia(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “infoPage”)

Avalie esta Notícia

Componentes.montarRanking(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “votacao”)

Tania Monteiro, de O Estado de S.Paulo


Componentes.montarControleTexto(“ctrl_texto”)

BRASÍLIA –

Dilma em oração com Crivella (e) e Estevam e Sonia Hernandes (costas). Foto: Dida Sampaio/AE

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quinta-feira, 3, o projeto de lei que institui o Dia Nacional da Marcha para Jesus. Participaram da cerimônia, realizada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), o presidente da Câmara, Michel Temer, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, estavam presentes no evento.

Veja Também

linkDilma Rousseff diz estar curada de câncer linfático

linkCâmara aprova projeto que beneficia religiões

O projeto marca um novo lance nos esforços de Lula para se aproximar do público evangélico, que, segundo estimativas, representa 15% do eleitorado.

Segundo Crivella, a lei que cria a Marcha para Jesus apenas oficializa uma comemoração que já ocorre regularmente em caráter informal em várias cidades brasileiras.

A solenidade contou com a participação de representantes de várias igrejas evangélicas, inclusive dos bispos Estevam e Sônia Hernandes, da Igreja Renascer em Cristo. O casal voltou ao Brasil no começo de agosto, depois de um período de dois anos e seis meses de prisão e liberdade condicional nos Estados Unidos. Eles foram condenados após tentar entrar no país com US$ 56 mil não declarados.

Lula e Estavam Hernandes não se falaram no encontro. Foto: Dida Sampaio/AE

Oração

Antes do início da cerimônia, Estevam Hernandes fez questão de puxar uma oração pela saúde da ministra Dilma, que deu entrevista nesta quinta-feira dizendo que está curada do câncer linfático. Dilma é a candidata do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência em 2010.

De acordo com as informações da Presidência, a Marcha para Jesus teve origem em Londres e hoje ocorre em diversos países.

“Oramos por ela, pela família dela e pela saúde dela”, disse Estevam ao deixar a sala de cerimônias do CCBB, atual sede do governo.

Após a bênção à ministra, o casal Hernandes convidou Dilma para participar, no dia 2 de novembro, em São Paulo, da Marcha para Jesus, quando pretende reunir pelo menos quatro milhões de pessoas. “Ela disse que, se for possível, estará sim presente”, contou Hernandes, que não quis falar em apoio à candidatura da petista às eleições presidenciais de 2010. “É muito cedo para falar em apoio a candidatos”, respondeu.

Quarta-Feira, 02 de Setembro de 2009 | Versão Impressa

Componentes.montarInfoNoticia(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “infoPage”)

Componentes.montarRanking(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “votacao”)

A fé como negócio


Componentes.montarControleTexto(“ctrl_texto”)

Se a ratificação do acordo firmado pelo presidente Lula e pelo papa Bento XVI já era ruim, uma vez que ignora o princípio do Estado laico consagrado pelas Constituições brasileiras desde a proclamação da República e concede privilégios que colidem com o princípio constitucional da igualdade, com a aprovação do projeto de “Lei Geral das Religiões”, pela Câmara dos Deputados, a situação poderá assumir aspectos de alçada da legislação do Código Penal.

O acordo entre o Brasil e o Estado do Vaticano foi assinado em Roma, no fim de 2008. Ao justificá-lo, a Igreja Católica, valendo-se da condição de ser formalmente subordinada a um Estado soberano, alegou que o objetivo do documento era sistematizar o que estava previsto por leis esparsas. Além da isenção fiscal para pessoas jurídicas religiosas, o acordo prevê a manutenção do patrimônio cultural da Igreja Católica com recursos públicos e isenta a instituição de cumprir obrigações impostas pelas leis trabalhistas brasileiras. Tendo sido redigido de modo vago, ele abre caminho para a ampliação dessas concessões para todos os negócios da Igreja, que é dona de editoras, rádios, TVs e escolas.

Tendo o presidente Lula cometido o equívoco de assinar esse acordo, era inevitável que as demais igrejas invocassem isonomia, exigindo os mesmos privilégios. Quando a ratificação do acordo foi encaminhada ao Legislativo, como determina a Constituição, as bancadas evangélicas aproveitaram a oportunidade para estender a toda e qualquer “instituição religiosa” as mesmas vantagens legais, trabalhistas e fiscais concedidas à Igreja Católica. O projeto de lei apresentado com esse objetivo tramitou em tempo recorde. Seus vícios começam com a total liberdade dada às “denominações religiosas” para criar, modificar ou extinguir suas instituições, e avançam com as isenções fiscais para rendas e patrimônio de pessoas jurídicas vinculadas a quaisquer instituições que passem por religiosas.

Essas concessões abrem uma imensa porteira para negócios escusos. Basta ver, nesse sentido, a ação que foi aberta há três semanas na 9ª Vara Criminal da capital contra a Igreja Universal do Reino de Deus, sob a acusação de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Segundo o Ministério Público, o “bispo” Edir Macedo e seus “pastores” viriam há dez anos iludindo fiéis e cometendo os mais variados tipos de fraude. Os promotores afirmam que, somando transferências e depósitos bancários feitos por pessoas ligadas à Universal, ela teria movimentado R$ 8 bilhões, entre 2001 e 2008, desviando para a aquisição de emissoras de TV e rádio, financeiras, agências de turismo, imobiliárias e jatinhos recursos doados por fiéis para atividades de catequese.

Dias antes de acionar a Universal, o MP havia informado que retomará o processo por crime de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro contra os fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo. A ação estava suspensa porque o “bispo” Estevam Hernandes e a “bispa” Sônia Hernandes estavam cumprindo pena de 10 meses de detenção nos Estados Unidos, por terem entrado naquele país sem declarar a exata quantia de dinheiro que levavam.

Além dos vícios já apontados, o projeto de “Lei Geral das Religiões” contém outros absurdos. Um deles é o dispositivo que prevê que propriedades de uso religioso não poderão ser demolidas ou penhoradas, por causa de sua função social. Como os “supermercados da fé” cada vez mais vêm sendo instalados em galpões, garagens, cinemas e lojas, chamados de “templos”, isso significa que esses imóveis não poderão ser desapropriados para obras de interesse público, o que representa uma interferência nas leis municipais e nos instrumentos de planejamento urbano estabelecidos pelos planos diretores das prefeituras. Razões de sobra tinha o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) – que votou contra a ratificação do acordo com o Vaticano e o projeto da “Lei Geral de Religiões” – para, ao advertir sobre esse risco, afirmar que “templo é dinheiro”.

Vamos esperar que o Senado, que terá de dar seu voto sobre os dois projetos, aproveite essa oportunidade de merecer um aplauso da opinião pública.

Sem explicações

Record defende Universal com ataques

Publicada em 12/08/2009 às 23h47m

O Globo

SÃO PAULO e RIO – A Rede Record, ligada à Igreja Universal, usou nesta quarta-feira 14 minutos do “Jornal da Record” para supostamente responder às denúncias feitas pelo Ministério Público Estadual e aceitas pela Justiça contra o bispo Edir Macedo, fundador e chefe da Universal, e mais nove pessoas ligadas à igreja. Em vez de rebater as denúncias de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, a reportagem da Record preferiu fazer ataques à Rede Globo. As informações sobre a denúncia do Ministério Público e sua aceitação pela Justiça foram publicadas por diversos jornais do país e do exterior.

Na resposta à denúncia do Ministério Público – que acusa Edir Macedo e outras nove pessoas ligadas à Universal de desviarem dinheiro doado por fiéis para empresas de fachada, de onde os recursos são mandados ao exterior e depois voltam “lavados” ao Brasil para a compra de redes de comunicação e imóveis -, o “Jornal da Record” mostrou obras assistenciais da Universal, dizendo que a igreja está presente em 174 países e tem oito milhões de fiéis no Brasil. A reportagem ainda mostrou um jatinho comprado para uso dos pastores e vários fiéis defendendo a Universal.

Na Catedral Mundial da Fé, em Del Castilho, para um público de fiéis de cerca de três mil pessoas, pastores e obreiros distribuíram nesta quarta o folheto “Perseguição traz experiência”, assinado por Edir Macedo. No texto, ele afirma que a igreja “está travando uma guerra e já sabemos qual será o seu final”. Macedo conclama os fiéis a “formar uma frente dos atribulados”: “Vamos orar, juntar as nossas forças, jejuar mais e buscar as promessas de Deus. Não vamos nos abater nem nos deixar abalados. Todas as acusações são para o nosso bem”.

‘Clarín’: “Poderosa igreja acusada de lavar dinheiro”

A denúncia aceita pela Justiça foi destaque no noticiário mundial. Reportagens de agências internacionais como Associated Press (AP), Reuters, AFP e Ansa foram reproduzidas por todos os principais jornais e sites nos Estados Unidos (“New York Times”, “Washington Post”, “The Independent”, “Miami Herald”, CBS News, NBC) e diversos outros países onde a Universal atua, como Portugal, Argentina, Venezuela, Equador, Peru, México, Panamá, Uruguai. A Reuters informou que Macedo e seu grupo são acusados de usar doações de fiéis em benefício próprio para comprar imóveis, carros e joias, além de TVs e rádios. A AP destaca que, segundo a denúncia, a igreja é utilizada para a prática de fraudes há anos.

O argentino “El Clarín” acrescenta: “O que estaria em jogo é que parte desses recursos teria saído do Brasil para paraísos fiscais através de empresas fantasmas abertas por membros da entidade. O dinheiro teria sido repatriado posteriormente e depositado em contas de pessoas físicas ligadas à Universal. Com tais recursos, teriam comprado emissoras de TV e rádio, como também outras empresas do conglomerado religioso”.

O “Diário de Notícias” e o “Jornal de Notícias”, ambos de Portugal, relatam que o grupo é acusado de associação criminosa e lavagem de dinheiro. O “Jornal de Notícias” cita que autoridades brasileiras cogitam pedir ajuda de outros países, incluindo Portugal e nações africanas, para recolher elementos de prova que consolidem as acusações, de acordo com a agência Lusa, que cita fonte do Ministério Público brasileiro: “As investigações podem se estender a todos os países onde houver templos da igreja e indícios de emissão de recursos”. O jornal lembra que a Igreja Universal iniciou atividade em Portugal em 1999, como porta de entrada para Europa e África. “Por aqui estão instalados mais de 120 templos e encontram-se em construção espaços de culto verdadeiramente megalômanos. No continente africano, está presente em quase todos os países e, só em Angola, existem 400 cultos”.

A BBC lembrou o caso dos fundadores da Renascer em Cristo, Estevam e Sonia Hernandes, que cumpriram pena de prisão nos EUA por contrabando de dinheiro.

Brasil

LAVAGEM DE DINHEIRO

TV da Renascer ataca promotores

Fernanda Fernandes, de 25 anos, filha do casal evangélico Estevam e Sonia Hernandes, acusado de lavagem de dinheiro e estelionato, usou o canal de televisão mantido pela Igreja Renascer em Cristo para atacar a Justiça. O casal de “bispos” foi solto nos Estados Unidos. O governo brasileiro prepara um pedido de extradição


22 Jan 2007 – 01h40min

var tgs = new Array( ‘div’,’td’,’tr’); var szs = new Array( ‘xx-small’,’x-small’,’small’,’medium’,’large’,’x-large’,’xx-large’ ); var startSz = 1; function ts( trgt,inc ) { if (!document.getElementById) return var d = document,cEl = null,sz = startSz,i,j,cTags; sz += inc; if ( sz 4 ) sz = 4; startSz = sz; if ( !( cEl = d.getElementById( trgt ) ) ) cEl = d.getElementsByTagName( trgt )[ 0 ]; cEl.style.fontSize = szs[ sz ]; for ( i = 0 ; i

ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos(Foto: baNCO DE DADOS)

A filha dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Fernanda Hernandes, utilizou a televisão mantida pela denominação para acusar os promotores de Justiça que denunciaram seus pais pelos crimes de lavagem de dinheiro, evasão de divisas e estelionato de “agir com o espírito do anti-Cristo”, “ter sede da vida do ‘apóstolo’ Estevam”, “perseguir o povo evangélico” e “querer instaurar uma nova inquisição no Brasil”.

Primeira igreja neopentecostal a investir no televangelismo para arrebanhar um público, em sua maior parte, de classe média, a Renascer agora usa sua rede para apontar uma perseguição contra os evangélicos. O site da igreja conclama os fiéis a permanecerem em jejum e fazerem orações, como “arma espiritual” e a permanecerem “fiéis ao seu chamado”.

“O promotor não quer promover Justiça. Quer promover o próprio rosto. Não tem respeito pela profissão. Promover Justiça não tem nada a ver com destruir uma família, porque quem tem provas não precisa de mídia”, disse ela em depoimento enviado da casa de sua família no condomínio de Boca Raton, na Florida, e exibido em programas da “TV Gospel”.

A televisão mostra debates com o tema “você já sofreu preconceito por ser evangélico?” e depoimentos que atestam a “dedicação do ‘apóstolo’ e da ‘bispa'”. “O Brasil ainda é católico, mas os evangélicos já são 30% da população. Por isso querem nos destruir e se referem a nós de maneira pejorativa”, afirmou ela a filha dos Hernandez.

Identificada pela TV como “pastora Fê”, Fernanda Hernandes, de 25 anos, estava com seus pais e líderes da Renascer, Estevam e Sonia Hernandes, quando eles foram presos ao tentar entrar nos Estados Unidos com US$ 56,5 mil, após declarar apenas US$ 10 mil. Seus pais foram presos e ela o irmão, Felipe Hernandes, liberados após prestar depoimento.

Estevam e Sonia Hernandes foram mantidos pela justiça americana no Federal Detention Center (FDC) e depois transferidos para cadeias destinadas a imigrantes em Miami. Soltos entre quinta e sexta-feira, eles devem permanecer sob custódia das autoridades americanas pelo menos até o dia 24, quando participam de audiência com o juiz local.

Dentro do “programa de supervisão intensiva”, aplicado a imigrantes ilegais, Sonia e Estevam usam braceletes com chips de monitoramento e têm de se recolher após as 17 horas. Nos Estados Unidos, respondem por lavagem de dinheiro e falsificação de documento público. O ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, deve assinar uma petição ao governo dos Estados Unidos para fins de extradição do casal fundador da Igreja Renascer em Cristo.

Todo o conteúdo desse blog é originalmente do Blog do Planalto e está licenciado sob a CC-by-sa-2.5:
CLONE BLOG DO PLANALTO

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Anúncios

Sem espaço, SC suspende recebimento de doações

Posted in SANTA CATARINA, SOLIDARIEDADE on 4 de Dezembro de 2008 by os.maias

O governo de Santa Catarina informou que as arrecadações de alimentos e roupas foram suspensas momentaneamente porque as doações recebidas superaram a capacidade de armazenamento disponível. Para facilitar a logística de distribuição, a Defesa Civil solicitou que o transporte das doações seja agendado. Doações em dinheiro continuam sendo solicitadas.

“Neste momento as centrais estão cheias e não há espaço físico para receber mais suprimentos. Em alguns pontos, caminhões enfrentam longas filas para descarregar as doações”, disse o diretor da Defesa Civil, major Márcio Luiz Alves.

A orientação é para que o transporte de doações só seja programado a partir da próxima semana, quando passará a operar uma nova Central de Arrecadação e Distribuição, com 10 mil m², na Grande Florianópolis. “Neste momento não há necessidades, porém é importante lembrar que muitos abrigos ficarão ativados durante meses e será necessário abastecê-los com os recursos armazenados”, explicou o diretor.

Para o secretário da Justiça e Cidadania, Justiniano Pedroso, a solidariedade dos brasileiros superou todas as expectativas e demonstra a dimensão do desastre. “Santa Catarina agradece as milhões de demonstrações de apoio de cidadãos brasileiros e empresas que se mobilizam para ajudar a reconstruir a vida das vítimas do desastre. As demonstrações de solidariedade fortalecem o trabalho de todas as equipes envolvidas e somam-se aos esforços dos governos para garantir o retorno da normalidade”, afirmou.

Conforme a demanda, a Defesa Civil catarinense poderá divulgar novos pedidos de doações.

“”””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””
Olá,

Seu blog em: http://osmaiasdeecadequeiros.blogspot.com/ foi identificado
como um potencial blog de spam. Para corrigir esse problema, solicite uma
revisão preenchendo o formulário em http….

Se não for revisado, seu blog será excluído em 20 dias e seus leitores verão
uma página de aviso durante esse período. Após o recebimento de sua solicitação,
nós revisaremos e desbloquearemos o blog dentro de dois dias úteis. Após nossa
análise e determinação de que seu blog não é um spam, ele será desbloqueado e a
mensagem no painel do Blogger não será mais exibida. Se esse blog não for seu,
você não precisará fazer nada. Nesse caso, se você possuir outros blogs, eles
não serão afetados.

Usamos um classificador automatizado para encontrar spam. A detecção
automática de spam é inerentemente confusa, e, às vezes, um blog como o seu pode
ser sinalizado incorretamente. Pedimos desculpas por nosso erro. No entanto, ao
usarmos esse tipo de sistema, podemos oferecer mais armazenamento, largura de
banda e recursos de engenharia para blogueiros como você e não para criadores de
spam. Para obter mais informações, entre em contato com a Ajuda do Blogger:
http://
Obrigado pela compreensão e por colaborar com nossos esforços anti-spam.

Sinceramente,

A Equipe do Blogger


Seu blog está bloqueado

Os robôs de prevenção contra spam do Blogger detectaram que seu blog possui características de um blog de spams. (O que é um blog de spams?) Uma vez que você está lendo esta seção, seu blog provavelmente não é um blog de spams. A detecção automática de spams é inerentemente confusa. Pedimos desculpas por este falso sinal positivo.

Recebemos sua solicitação de desbloqueio em 30 de Novembro de 2008. Em nome dos robôs, desculpamo-nos por bloquear seu blog, que não é de spams. Aguarde enquanto analisamos seu blog e verificamos se ele não é um blog de spams

Acho que o blog será mantido no, também gratuito, http://www.wordpress.com , pois está ocorrendo com muitos blogs daqui!

Posted in SOLIDARIEDADE on 3 de Dezembro de 2008 by os.maias

da Folha Online

A Defesa Civil divulgou nesta segunda-feira uma lista com os produtos necessários para ajudar as vítimas das chuvas, que provocaram mortes e deixaram milhares de desabrigados e desalojados em Santa Catarina.

Em Santa Catarina, as prefeituras das cidades atingidas e a Defesa Civil do Estado criaram postos de arrecadações. Para saber onde ficam, entre em contato com a Defesa Civil pelo fone (48) 4009-9886 ou pelo 199.

O órgão pede doações sobretudo de produtos de higiene pessoal e artigos para limpeza das casas e residências atingidas pelas chuvas.

Segue a relação de produtos:

-sabonetes;
-escova de dente;
-creme dental;
-rolos papel higiênico;
-caixa cotonete;
-xampus;
-pentes;
-toalhas de rosto;
-absorventes/ fraldas geriátrica;
-vassouras;
-rodos;
-panos de chão;
-baldes;
-sabão em pó;
-água sanitária;
-sacos de lixo (50 e 100 litros);
-fraldas;
-bicos;
-mamadeiras;
-vela/ fósforo;
-colchões;
-travesseiros;
-cobertores;
-pratos de plástico (duráveis);
-copos de plástico (duráveis);
-talheres;
-sacos de plástico de 3 e 5 litros, que não sejam de lixo, já que é para realização de kits de higiene pessoal;
-lonas plástica.

Dinheiro

Além da doação de produtos , a Defesa Civil abriu contas bancárias para angariar fundos para o auxílio às vítimas das enchentes e deslizamentos no Estado. Segundo balanço divulgado pelo governo do Estado na manhã de hoje, as doações ao Fundo Estadual da Defesa Civil –em dinheiro– chegavam a R$ 5.714.157,51.

As doações em dinheiro estão sendo recomendadas pela Defesa Civil como forma de ajudar as vítimas pelas chuvas e para movimentar a economia local. Oito contas bancárias estão recebendo as doações vindas de todo o país. Os interessados podem realizar os depósitos nas seguintes contas:

– Itaú – Agência 0289, conta corrente 69971-2;
– Caixa Econômica Federal – Agência 1877, operação 006, conta corrente 80.000-8;
– Banco do Brasil – Agência 3582-3, conta corrente 80.000-7;
– Besc – Agência 068-0, conta corrente 80.000-0;
– Bradesco Agência 0348-4, conta corrente 160.000-1
– Sicoob/SC – Agência 1005, conta corrente 2008-7
– Sicred – Agência 2603, conta corrente 3500-9
– Santander – Agência 1227, conta corrente 430000052

Em nome da pessoa jurídica é Fundo Estadual da Defesa Civil, CNPJ – 04.426.883/0001-57

Postos de doações

O posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal) de Biguaçu, na região da Grande Florianópolis, está recebendo doações de alimentos não-perecíveis para as vítimas da enchente. A mercadoria arrecadada será entregue à Defesa Civil Estadual.

O Beto Carrero World, no litoral norte do Estado, também montou uma base de arrecadação de alimentos, roupas, medicamentos, colchões e cobertores na entrada do parque. A assessoria de comunicação informou que qualquer doação pode ser enviada à rua Inácio Francisco de Souza, 1.579, na Praia de Armação, na cidade de Penha. O telefone é (0xx47) 3261-2222.

As secretarias regionais da região do Alto Vale do Itajaí (Blumenau, Brusque, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville e Timbó) também montaram bases de arrecadação e distribuição. As pessoas interessadas em doar materiais devem ir nos seguintes locais:

– Colégio Victor Hering
Rua Antônio Cândido Figueiredo, 399, Bairro Vila Nova –Blumenau;

– Fenarreco
Rodovia SC-486, próximo à Havan, centro –Brusque;

– Parque da Marejada
Av. Vicotr Konder, s/n, Bairro Fazenda –Itajaí;

– Arena Multiuso Jaraguá
Rua Gustavo Hagedorn, s/n, Centro –Jaraguá do Sul;

– Colégio Osvaldo Aranha
Rua Lindóia, Bairro Glória –Joinville;

-Depósito da Secretaria Regional
Rua Nereu Ramos, 913, Centro –Timbó.

Doação de Sangue

A Secretaria de Estado da Saúde também alerta para a necessidade de doações de sangue. A secretaria divulgou a relação de locais onde é possível realizar doações de sangue. O horário de atendimento nos postos é das 7h30 às 18h30.

– Hemoesc Florianópolis
Rua: Othon Gama D’eça, 756, centro –Florianópolis. Contato: (48) 3251-9711

– Hemocentro Regional de Chapecó
Rua São Leopoldo, 391, Quadra 1309, bairro Esplanada –Chapecó. Contato: (49) 3329-0550

– Hemocentro Regional de Joaçaba
Avenida 15 de Novembro, 23, centro –Joaçaba. Contato: (49) 3522-2811

– Hemocentro Regional de Lages
Rua Felipe Schmidt, 33 –Lages.

– Centro Hemoterápico de Blumenau
Rua Marechal Floriano Peixoto, 300, anexo ao hospital Santa Isabel, no centro de Blumenau.

Para doar, é necessário, entre outros itens, ter entre 18 e 65 anos, estar em boas condições de saúde e evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação.

São Paulo

A Cruz Vermelha Brasileira e a Comdec (Coordenadoria Municipal da Defesa Civil-SP) anunciaram a criação de postos para arrecadar doações para as vítimas das chuvas que atingem Santa Catarina.

A arrecadação funciona 24 horas na sede da Comdec –na rua Afonso Pena, 130, no bairro Bom Retiro–, e na sede da Cruz Vermelha Brasileira –na avenida Moreira Guimarães, 699, no bairro de Indianópolis, na região da Saúde (zona sul de SP). As defesas civis das subprefeituras receberão doações em horário comercial.

Além da sede da Cruz Vermelha Brasileira, é possível fazer doações nos seguintes postos da entidade (horário comercial):

– Colégio Santo Ivo
Rua Paço da Pátria, 1705, Alto da Lapa

– Iolanda e Marcelo
Avenida Henrique Franco, 135

– Limoeiro – São Miguel Paulista pelo fone: 2025-7369

– ACM – Associação Cristã de Moços
Avenida das Flores, 453 – Jd. das Flores –Osasco

– Restaurante Mostarda
Av. Luis Carlos Berrini, 483, Brooklin Novo

– Escola Oriental de Massagem e Acupuntura
Avenida Dioderichen, 1000, Jabaquara próximo ao metro Conceição

– Felicita Beauty
Rua Dr. Cesário Mota Jr, 383, Vila Buarque
Consolação

– Supermercado Papini,
Avenida Professor Papini, 232, Cidade Dutra

– Condomíno Jd. Office Tower
Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 881, Jardins

A Força Sindical Nacional montou um posto de arrecadação em sua sede em São Paulo, na rua Galvão Bueno, 782, na Liberdade.

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) também está recebendo doações de alimentos não perecíveis, roupas e cobertores nas estações de trem de maior movimento em São Paulo: Luz, Brás, Barra Funda, Osasco, Santo Amaro, Santo André.

A empresa se responsabilizará pelo transporte das doações, que serão entregues à Defesa Civil de Santa Catarina. As doações podem ser depositadas nas caixas instaladas nas estações ou entregues a um agente operacional.

Água Potável

A Polícia Militar de São Paulo também está recebendo doações. A prioridade, segundo a assessoria da PM, é para a arrecadação de água potável. Para doar, basta procurar um Batalhão da Polícia Militar mais próximo de sua casa. A relação completa está no site da Polícia Militar.

Também é possível realizar doações no Depósito do Fundo Social da Solidariedade em São Paulo, na avenida Marechal Mário Guedes, 301, Jaguaré (das 9h às 16h).

Outros Estados

A Cruz Vermelha Brasileira também está recebendo doações para as vítimas das chuvas de Santa Catarina em outros Estados. O endereço das outras filiais estão no site da entidade.

Recomendações da Defesa Civil

A Sedec (Secretaria Nacional de Defesa Civil), vinculada ao Ministério da Integração Nacional, divulgou nesta quinta-feira uma lista de orientações para os interessados em ajudar. Segundo o órgão, a idéia é evitar problemas gerados pela ‘doação desorganizada’ como a não correspondência das doações com as necessidades reais dos atingidos.

Veja as recomendações:

-Antes de efetuar doações procure informações de necessidades levantadas pela Defesa Civil do seu Estado ou município, ou em quartéis de Bombeiros ou Polícia Militar, por exemplo;

-Atentar para a qualidade do material doado;

-Estabelecer uma comunicação eficaz entre o doador e autoridade de Defesa Civil local onde ocorreu o desastre;

-Consultar as autoridades que estão gerenciando a situação para averiguar a real necessidade de doação de gêneros e da quantidade, antes de iniciar qualquer campanha de arrecadação.

James Tavares – 26.nov.2008/Secom

“”””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””””
Seu blog está bloqueado

Os robôs de prevenção contra spam do Blogger detectaram que seu blog possui características de um blog de spams. (O que é um blog de spams?) Uma vez que você está lendo esta seção, seu blog provavelmente não é um blog de spams. A detecção automática de spams é inerentemente confusa. Pedimos desculpas por este falso sinal positivo.

Recebemos sua solicitação de desbloqueio em 30 de Novembro de 2008. Em nome dos robôs, desculpamo-nos por bloquear seu blog, que não é de spams. Aguarde enquanto analisamos seu blog e verificamos se ele não é um blog de spams

Presos gaúchos fazem jejum para auxiliar vítimas em SC

Posted in SANTA CATARINA, SOLIDARIEDADE on 2 de Dezembro de 2008 by os.maias

Por Solange Spigliatti

São Paulo – Os detentos do Presídio Central de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, vão passar o dia em jejum na próxima quinta-feira para doar alimento às vítimas das chuvas em Santa Catarina, segundo informações da Defesa Civil do Estado. De acordo com a direção do Presídio Central, a decisão partiu dos próprios presos.

Representantes dos apenados fizeram reunião ontem com a diretoria da casa prisional para comunicar a ação. Mais de uma tonelada e meia de alimentos como arroz, feijão, farinha de mandioca e de milho serão revertidos para doações

Doações saiba ajudar as vítimas de SC

Posted in SOLIDARIEDADE on 1 de Dezembro de 2008 by os.maias

Doação de água, mantimentos, dinheiro e sangue são algumas das formas de ajudar a população do Estado

da Redação


Componentes.montarControleTexto(“ctrl_texto”)

SÃO PAULO – Por conta das enchentes que atingiram o Estado de Santa Catarina, a Defesa Civil catarinense abriu sete contas bancárias para receber doações. Até o início da tarde desta sexta-feira, 28, mais de R$ 3,5 milhões já haviam sido arrecadados em doações. Além disso, podem ser doados outros materiais, alimentos e água. Em São Paulo, o único balanço da Defesa Civil do Estado aponta que empresas doaram 2.760 litros de água às vítimas do Estado de Santa Catarina. Há postos para doação de água, alimentos, roupas e calçados. Em Santa Catarina, a Defesa Civil montou postos de doação de sangue.


linkBlog Ilha do sem Blumenau

linkBlog Desabrigados Itajaí

linkBlog Arca de Noé


Água potável – Quem quiser doar água potável pode ir a qualquer posto da Polícia Militar ou dos Bombeiros (que funcionam 24 horas) ou ao Depósito do fundo de solidariedade do Jaguaré (que funciona das 9h às 18h na rua Marechal Mario Guedes, 331). O telefone para contato do depósito é 3768 1977. A lista completa dos postos no Estado está no site da PM, no link Unidades PM.

Roupas e utensílios – Para doações de roupas, calçados, cobertores, fraldas, água potável, material de higiene e alimentos não perecíveis, a entrega pode ser feita em dois postos de arrecadação: na Coordenadoria Municipal de Defesa Civil na Rua Afonso Pena, 130, no Bom Retiro, e na Cruz Vermelha Brasileira, na Avenida Moreira Guimarães, 699, na Saúde. As 31 subprefeituras da capital também recebem donativos, em horário comercial.

A partir de desta quinta-feira, 27, as escolas técnicas federais também recebem doações para os desabrigados pelas chuvas em Santa Catarina. Os interessados em oferecer água potável e doar agasalhos, cobertores e alimentos não-perecíveis devem ligar para o telefone 0800 616161. O endereço das escolas técnicas está disponível no site do Ministério da Educação (MEC).

A Campanha Nacional de Solidariedade é promovida pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC. De acordo com o ministério, a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica reúne 214 unidades de ensino em todo o país.

Além de todos esses pontos, as doações de alimentos podem ser feitas também em seis pontos da Defesa Civil, localizados nos municípios de Blumenau, Brusque, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville e Timbó. Até o início da tarde, tinham sido doadas 25 toneladas de macarrão, 6 de biscoito, 50 de margarina e 3 de alimentos diversos, 2 mil roupas íntimas femininas, 5 mil litros de água e 30 mil litros de leite. O órgão também recebeu um caminhão carregado de bolachas e outro, de garrafas de água. A Defesa Civil de Santa Catarina disponibilizou a lista dos locais que servem como postos de recolhimento e distribuição de doações às vítimas.

A CAASP e a OAB-SP também estão recebendo doações em suas sedes. O endereço da CAASP é rua Benjamin Constant, 75, Centro, Capital. E a sede da OAB-SP fica na Praça da Sé, 385, Centro, Capital.

Neste domingo, 30, voluntários do Grupo Solvi estarão no Parque Trianon, na Avenida Paulista, a partira das 10 horas, recebendo doações. Dois caminhões foram destacados para levar os suplementos.

Além disso, empresa Gomes da Costa, firmou uma parceria com a Associação Portuguesa de Desportos em São Paulo para a Arrecadação de doações para a cidade de Itajaí. Quer quiser doar pode procurar os seguintes postos:

Pointer Logística

Rua Campo Vergueiro, 19 – Vila Anastácio

Associação Portuguesa de Desportos

Portão 3 – Rua Comendador Nestor Pereira, 33 – Canindé

Imobiliária LUPA

Av. Guilherme Cotching, 1776 – Vila Maria – 2813-9000

Av. das Cerejeiras, 959 – Jardim Japão – 2201-0122

Big Pães Express

Av. Líder, 1761 – Fone: 2741-1516

Rua Cabo João Monteiro da Rocha, 448

Rua Voluntários da Pátria, 1607

Rede Droga Verde

Av. Gal. Olímpio da Silveira, 15 – Santa Cecília – 3825-8139

Av. Dep. Emílio Carlos, 477 – Limão – 3951-3988

Rua Zilda, 522 – Casa Verde – 3858-8787

Av. Nova Cantareira, 387 – Água Fria – 2976-9500

Av. Joaquina Ramalho, 1170 – Vila Guilherme – 2901-0083

Medicamentos – Aqueles que quiserem doar grandes quantidades de medicamentos podem levar a doação para o almoxarifado Central de Medicamentos que fica na Rua Domingos Pedro Hermes, 15 em Barreiros, São José (Próximo às Lojas de Pneus Continental e Abochar na BR 101).

Para doar pequenas quantidades de medicamentos, a população pode encaminhar as doações para a Secretaria Estadual da Saúde que fica na rua Esteves Junior, 160 no centro. Qualquer dúvida ligar para (48) 3346.0668 ou 3212-1641.

Depósitos – Quem preferir doar dinheiro pode depositar a quantia escolhida em qualquer uma das contas abertas em nome da Defesa Civil. São elas: Banco/SICOOB SC – Agência 1005, Conta Corrente 2008-7;

Caixa Econômica Federal – Agência 1877, operação 006, conta 80.000-8; Banco do Brasil – Agência 3582-3, Conta Corrente 80.000-7; Besc – Agência 068-0, Conta Corrente 80.000-0; Bradesco S/A – 237 Agência 0348-4, Conta Corrente 160.000-1; Itaú S/A – 341, Agência 0289, Conta Corrente 69971-2; SICREDI – 748, Agência 2603, Conta Corrente 3500-9.

A Defesa Civil alerta sobre mensagens recebidas por e-mail com contas falsas para doações. “O órgão não envia mensagens eletrônicas com pedidos de auxílio. As contas oficiais para depósito são publicadas no site”, informa o departamento, em sua página na internet. Dos mais de R$ 3,5 milhões doados, R$ 800 mil foram dados pelo Banco do Brasil (R$ 500 mil) e pelo Bradesco (R$ 300 mil). O restante é de pessoas físicas e jurídicas.

Doação de sangue – Quanto à doação de sangue no Estado de Santa Catarina, a Secretaria de Saúde informou que o Centro Hemoterápico de Blumenau e a Hemorrede pública de Santa Catariana (HEMOSC) estão preparadas para atender aqueles que quiserem doar sangue e que as unidades doadas nesses centros serão disponibilizadas diretamente para as regiões afetadas pela calamidade.

Os centros atendem das 7h30 às 18h30 nos seguintes endereços:

HEMOSC Florianópolis

Rua: Othon Gama D’eça, 756Centro – Florianópolis Tel. (48) 3251-9711

Hemocentro regional de Chapecó

Rua São Leopoldo, 391 Esq. Nsa. Sra. Desterro – Quadra 1309 Bairro Esplanada – Chapecó – SCCEP – 89811-050 Tel. (49) 3329-0550

Hemocentro Regional de Joaçaba

Av . XV de Novembro , 23Centro – Joaçaba – SCCEP – 89600-000 Tel. (49) 3522-2811

Hemocentro Regional de Lages

Rua Felipe Schmidt, 33S

Organização das doações – A Secretaria Regional de Itajaí, em Santa Catarina, pede ajuda de novos voluntários para a classificação e organização de mantimentos que estão chegando no Parque da Marejada. Até esta sexta-feira, 28, oito caminhões carregados de mantimentos precisavam de voluntários para organização de produtos e doações antes que estes sejam enviados aos abrigos. Os voluntários devem ir até o Parque da Marejada, na Avenida Ministro Victor Konder, ou ligar no telefone da coordenação da SDR Itajaí (47) 3349 8718.

Instituto inscreve voluntários pelas vítimas de SC

Posted in SANTA CATARINA, SOLIDARIEDADE on 1 de Dezembro de 2008 by os.maias

O Instituto Voluntários, organização não-governamental, abriu um cadastro para a inscrição de voluntários interessados em ajudar as vítimas da chuva em Santa Catarina. As inscrições devem ser feitas pelo site da organização, http://www.voluntariosonline.org.br.

Além do grupo, outras entidades e órgãos têm se mobilizado para dar apoio aos desabrigados pela tragédia. A Defesa Civil do Distrito Federal enviou uma equipe de quatro pessoas a Florianópolis, chefiada pelo tenente-coronel Reginaldo de Jesus Souza.

Em Brasília, a Defesa Civil organizou um centro de triagem das doações em 200 pontos de coleta. Até este domingo, chegaram dez toneladas de alimentos, vestuário e material de higiene.

“Estamos fazendo uma triagem criteriosa para facilitar o envio e distribuição das doações”, afirmou a professora Edna Gonçalves, que ajuda no trabalho de 80 voluntários. A ação pode ser acompanhada em tempo real através do blog da Defesa Civil, http://defesacivildf.blogspot.com. Os interessados em ajudar na área da saúde, podem se cadastrar através do site http://www.saude.sc.gov.br

Saiba como ajudar as vítimas da chuva em SC

Posted in SANTA CATARINA, SOLIDARIEDADE on 1 de Dezembro de 2008 by os.maias

A Defesa Civil de Santa Catarina abriu cinco contas para receber doações destinadas às vítimas das chuvas no Estado. Os depósitos podem ser feitos no Banco do Brasil, Banco do Estado de Santa Catarina (Besc),

A Defesa Civil habilitou um número de telefone gratuito para que os interessados em fazer doações às vítimas das chuvas de Santa Catarina obtenham informações para realizar os depósitos bancários. Por meio do número 0800 48 2020 será possível obter todas informações sobre bancos e contas bancárias abertas para esse fim.

Veja os números das contas:
Caixa Econômica Federal – agência 1877; operação 006; conta 80.000-8
Banco do Brasil – agência 3582-3; conta corrente 80.000-7
Besc – agência 068-0; conta corrente 80.000-0
Bradesco – agência 0348-4; conta corrente 160.000-1
Itaú – Agência 0289, conta corrente 69971-2

O nome da pessoa jurídica é Fundo Estadual da Defesa Civil e o CNPJ é 04.426.883/0001-57. A Defesa Civil ressalta que não envia mensagens eletrônicas com pedidos de auxílio. As contas oficiais para depósito são as publicadas no site.

As empresas que fazem doações podem requerer a isenção do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), utilizando o código CFOP na nota fiscal 5910. Também deve constar em complemento: “Doação para Defesa Civil do Estado de Santa Catarina”.

Doações de sangue
Quem quiser doar sangue pode se dirigir à Hemorrede de Santa Catarina. Para fazer estas doações, os setores de Captação de Doadores do hemocentro de cada região devem ser contatados. O atendimento acontece das 7h30 às 18h30. Veja os endereços:

Hemosc Florianópolis
Rua Othon Gama D’eça, 756, centro – Florianópolis. Telefone (48) 3251-9711

Hemocentro Regional de Chapecó
Rua São Leopoldo, 391, Quadra 1309, Esplanada – Chapecó. Telefone (49) 3329-0550

Hemocentro Regional de Joaçaba
Avenida XV de Novembro, 23, centro – Joaçaba. Telefone (49) 3522-2811

Hemocentro Regional de Lages
Rua Felipe Schmidt, 33 – Lages.

Centros de arrecadação
A região da Grande Florianópolis conta com 14 locais de arrecadação de donativos para as vítimas das cheias. São 10 pontos em Florianópolis, três em São José e um em Biguaçu. Veja os endereços:

Florianópolis
Assembléia Legislativa – Rua Doutor Jorge Luz Fontes, 310, Centro. Telefone (48) 3221.2500
Procon – Rua Victor Meirelles, 53, centro. Telefone (48) 3224-4676
Portal Turístico – Cabeceira continental da ponte Pedro Ivo Campos
Supermercado BIG – Rodovia BR-282, km 3.500. Telefone (48) 3901-1811
Supermercado BIG Shopping Iguatemi – Avenida Madre Benvenuta, 587, Santa Mônica. Telefone (48) 3239-8700
LBV – Rua General Eurico Gaspar Dutra, 226, Estreito. Telefone (48) 3271-4300
Sicoob – Rua Tenente Silveira, 94, 3º andar, Centro. Telefone (48) 3261-9000
UFSC – Cidade Universitária, Trindade. Telefone (48) 3721-9000
Lojas Cassol – Rodovia SC-401, km 1, Itacorubi. Telefone (48) 3028-7005

São José
Supermercado Giassi – Avenida Irineu Bornhausen, 425, Campinas. Telefone (48)3381-4000
Lojas Cassol – Avenida Presidente Kennedy, 1953, Campinas. Telefone (48) 3035-8000
Avenida Leoberto Leal, 1241, Barreiros. Telefone (48) 3035.7003
Secretaria de Ação Social – Cidade das Crianças – Rodovia BR-101, km 202, 3.697. Telefone (48) 3281-6744

Biguaçu
Secretaria de Assistência Social – Rua Lúcio Born. Telefone (48) 3285-1073

Escolas Técnicas
As escolas técnicas federais em todo o País recebem doações a partir desta quinta-feira. Os interessados podem doar água potável, agasalhos, cobertores e alimentos não-perecíveis. O endereço das escolas técnicas está disponível no site do Ministério da Educação (MEC).