Archive for the PORTUGAL Category

Odebrecht investe na produção de açúcar e energia em Angola

Posted in NOTICIAS, PORTUGAL on 26 de Agosto de 2009 by os.maias

26-08-2009 11:49:28

Luanda, 26 ago (Lusa) – A empreiteira Odebrecht anunciou o início oficial do investimento de US$ 220 milhões através do consórcio Biocom, que integra com a Sonangol, na produção de açúcar e energia em Malange, Angola.

O contrato para a produção de açúcar e energia elétrica em Malange foi assinado no início da semana pelo presidente da Agência Nacional de Investimentos Privados (ANIP), Aguinaldo Jaime, e por Rui Gourgel, da Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom).

Gourgel afirmou que o projeto prevê, numa primeira fase, a produção anual de 268 mil toneladas de açúcar e 45 megawatts (MW), permitindo também a extração de etanol.

Nos próximos anos, a quantidade de açúcar produzido deverá duplicar, permitindo aliviar as necessidades de consumo no país, que importa anualmente cerca de 400 toneladas.

A Biocom é um consórcio entre a Odebrecht (40% do capital), a companhia petrolífera angolana Sonangol e a Damer, um grupo privado angolano.

O grupo apontou inicialmente 2012 como prazo para entrada do projeto em “velocidade de cruzeiro”, e em janeiro anunciou que iria acelerar os trabalhos.

De acordo com Jaime, o projeto no município de Cacuso deverá criar pelo menos 500 empregos diretos e 700 indiretos.

A Biocom é o primeiro investimento direto da empresa brasileira em Angola em produção agrícola e geração de energia.

A Odebrecht é responsável pela produção da hidroelétrica de Capanda, vizinha do projeto agro-industrial de Cacuso.

Além disso, está também envolvida na exploração petrolífera em Angola, através da sua divisão de petróleo e gás, que recentemente anunciou uma descoberta na costa angolana, numa prospecção operada pela pela Maersk Oil.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Angola registra casos da gripe A (H1N1) em brasileiros

Posted in GRIPE SUINA gripe A (H1N1) FLU, NOTICIAS, PORTUGAL on 26 de Agosto de 2009 by os.maias

26-08-2009 08:54:53

Luanda, 26 ago (Lusa) – Angola registrou os primeiros casos de gripe A (H1N1), dois cidadãos brasileiros recém chegados ao país e dois angolanos, que viajaram recentemente para a África do Sul e para Portugal com passagem pela Espanha.

O ministro angolano da Saúde, José Van-Dúnen, divulgou o surgimento dos primeiros casos em Angola numa reunião regular da Comissão Interministerial de acompanhamento e prevenção da gripe no país africano.

Ele adiantou ainda que as quatro pessoas infectadas estão em quarentena nas suas casas e o diagnóstico foi obtido depois de se terem deslocado aos serviços de saúde com sintomas de gripe.

Depois de diagnosticados estes casos, as equipes sanitárias, ainda segundo Van-Dúnen, deslocaram-se a casa dos pacientes para fazerem um controle mais rigoroso.

“Não há razão para pânico”, garantiu o ministro da Saúde angolano, assegurando que a comissão tem a situação controlada e que “as medidas são as mesmas já anunciadas: o reforço do controle e a higiene pessoal”.

Pediu, no entanto, que todos aqueles que tenham quaisquer dos sintomas divulgados se dirijam aos centros de saúde e aos postos médicos.

Estes são os primeiros casos de gripe A (H1N1) em Angola, mas Van-Dúnen lembrou que na África já foram registrados mais de 3.800 casos, e defendeu o aumento das campanhas de sensibilização e informação.

Ele afirmou também que foi diagnosticada uma cidadã angolana com o vírus da gripe A (H1N1) em Cabo Verde, mas que está a ser devidamente acompanhada.

Antes do registro dos primeiros casos em Angola, as autoridades de Luanda já tinham, no final de julho, anunciado o reforço das medidas de prevenção com o conhecimento do surgimento de vários casos em países vizinhos, como a Namíbia e a África do Sul.

Segundo o vice-ministro angolano da Saúde, Carlos Alberto Masseca, as medidas de vigilância epidemiológica foram redobradas nos aeroportos internacional 4 de Fevereiro, de Cabinda, Huíla, Cunene e Soyo.

Nos portos de Cabinda, Soyo, Luanda, Lobito e Namibe as medidas foram igualmente reforçadas.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

2210 CASOS DE GRIPE A EM PORTUGAL

Posted in GRIPE SUINA gripe A (H1N1) FLU, NOTICIAS, PORTUGAL on 26 de Agosto de 2009 by os.maias



26-08-2009 |


A Organização Mundial de Saúde contabilizou até ontem 2210 casos de pessoas infectadas pelo vírus H1N1, em Portugal. Questionada hoje pelos jornalistas,
a ministra da Saúde, Ana Jorge, afirmou que “neste momento a situação da gripe A (H1N1) está a evoluir como era previsível”, uma vez que diariamente “há um maior alastramento na população”. Os números semanais de infectados ainda não foram revelados pela ministra que não tinha presente o número preciso do surgimento de “novos casos”.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Escolas recebem até mil euros cada para reforçarem prevenção contra gripe A

Posted in GRIPE SUINA gripe A (H1N1) FLU, NOTICIAS, PORTUGAL on 26 de Agosto de 2009 by os.maias

Escolas recebem até mil euros cada para reforçarem prevenção contra gripe A
Cada escola pública, sob a alçada das Direcções Regionais de Educação (DRE), vai receber até dois mil euros para reforçar os meios de prevenção contra a gripe A, noticiou hoje o “Diário Económico”.

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


.def_cptxt_text {font:normal 11px verdana;color:#000000;text-decoration:none;margin:0em 0em 1.5em 0em;line-height:2.5ex;}


Cada escola pública, sob a alçada das Direcções Regionais de Educação (DRE), vai receber até dois mil euros para reforçar os meios de prevenção contra a gripe A, noticiou hoje o “Diário Económico”.

As 400 escolas sob a alçada da Direcção-Regional de Educação do Norte (DREN) já terão recebido, cada uma, o montante de dois mil euros para reforçarem os seus planos de contingência.

A verba recebida pelas escolas destina-se à compra de desinfectantes e ao reforço da limpeza do material informático, como teclados e ratos, bem como do material de ginástica, como colchões e bolas.

No passado dia 13 de Agosto, uma recomendação da Comité de Segurança Sanitária da União Europeia (UE) apontava que o encerramento das escolas nos seus Estados-membros só se justifica quando existirem alunos infectados com gripe A.

Deputados reúnem hoje com director-geral da Saúde

O Grupo Parlamentar de Trabalho para Acompanhamento da Gripe A reúne-se hoje com o director-geral da Saúde, Francisco George, a quem vai solicitar informações sobre a Linha Saúde 24.

Em causa está o alegado mau funcionamento da Linha Saúde 24, sobre o qual os deputados irão pedir esclarecimentos a Francisco George.

“Se a Linha não consegue atender as pessoas que se lhe dirigem, estamos confrontados com um problema complicado, de não possibilidade de cumprimento das normas definidas pelo próprio Ministério da Saúde para controlar a propagação da doença”, disse, no passado dia 20 de Agosto, Maria de Belém Roseira, a presidente da Comissão Parlamentar de Saúde.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.Escolas recebem até mil euros cada para reforçarem prevenção contra gripe A
Cada escola pública, sob a alçada das Direcções Regionais de Educação (DRE), vai receber até dois mil euros para reforçar os meios de prevenção contra a gripe A, noticiou hoje o “Diário Económico”.
Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt

Cada escola pública, sob a alçada das Direcções Regionais de Educação (DRE), vai receber até dois mil euros para reforçar os meios de prevenção contra a gripe A, noticiou hoje o “Diário Económico”.

As 400 escolas sob a alçada da Direcção-Regional de Educação do Norte (DREN) já terão recebido, cada uma, o montante de dois mil euros para reforçarem os seus planos de contingência.

A verba recebida pelas escolas destina-se à compra de desinfectantes e ao reforço da limpeza do material informático, como teclados e ratos, bem como do material de ginástica, como colchões e bolas.

No passado dia 13 de Agosto, uma recomendação da Comité de Segurança Sanitária da União Europeia (UE) apontava que o encerramento das escolas nos seus Estados-membros só se justifica quando existirem alunos infectados com gripe A.

Deputados reúnem hoje com director-geral da Saúde

O Grupo Parlamentar de Trabalho para Acompanhamento da Gripe A reúne-se hoje com o director-geral da Saúde, Francisco George, a quem vai solicitar informações sobre a Linha Saúde 24.

Em causa está o alegado mau funcionamento da Linha Saúde 24, sobre o qual os deputados irão pedir esclarecimentos a Francisco George.

“Se a Linha não consegue atender as pessoas que se lhe dirigem, estamos confrontados com um problema complicado, de não possibilidade de cumprimento das normas definidas pelo próprio Ministério da Saúde para controlar a propagação da doença”, disse, no passado dia 20 de Agosto, Maria de Belém Roseira, a presidente da Comissão Parlamentar de Saúde. Escolas recebem até mil euros cada para reforçarem prevenção contra gripe A
Cada escola pública, sob a alçada das Direcções Regionais de Educação (DRE), vai receber até dois mil euros para reforçar os meios de prevenção contra a gripe A, noticiou hoje o “Diário Económico”.
Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt

Cada escola pública, sob a alçada das Direcções Regionais de Educação (DRE), vai receber até dois mil euros para reforçar os meios de prevenção contra a gripe A, noticiou hoje o “Diário Económico”.

As 400 escolas sob a alçada da Direcção-Regional de Educação do Norte (DREN) já terão recebido, cada uma, o montante de dois mil euros para reforçarem os seus planos de contingência.

A verba recebida pelas escolas destina-se à compra de desinfectantes e ao reforço da limpeza do material informático, como teclados e ratos, bem como do material de ginástica, como colchões e bolas.

No passado dia 13 de Agosto, uma recomendação da Comité de Segurança Sanitária da União Europeia (UE) apontava que o encerramento das escolas nos seus Estados-membros só se justifica quando existirem alunos infectados com gripe A.

Deputados reúnem hoje com director-geral da Saúde

O Grupo Parlamentar de Trabalho para Acompanhamento da Gripe A reúne-se hoje com o director-geral da Saúde, Francisco George, a quem vai solicitar informações sobre a Linha Saúde 24.

Em causa está o alegado mau funcionamento da Linha Saúde 24, sobre o qual os deputados irão pedir esclarecimentos a Francisco George.

“Se a Linha não consegue atender as pessoas que se lhe dirigem, estamos confrontados com um problema complicado, de não possibilidade de cumprimento das normas definidas pelo próprio Ministério da Saúde para controlar a propagação da doença”, disse, no passado dia 20 de Agosto, Maria de Belém Roseira, a presidente da Comissão Parlamentar de Saúde.

Bombeiros transportam suspeitos de gripe A sem protecção

Posted in GRIPE SUINA gripe A (H1N1) FLU, NOTICIAS, PORTUGAL on 24 de Agosto de 2009 by os.maias
Por Redacção

O transporte de uma criança de 10 anos, suspeita de ter contraído o vírus H1N1, de Vila Nova de Paiva para o Hospital de Coimbra voltou a levantar o problema da falta de protecção dos bombeiros que fazem este trabalho. O presidente da Liga de Bombeiros Portugueses considera esta atitude uma «irresponsabilidade».

«Os bombeiros não são carne para canhão, são homens e mulheres, cidadãos de pleno direito, cujos seus responsáveis têm como obrigação nos actos de socorro também preservar as condições em que os mesmos são prestados, preservando a sua integridade», atirou Duarte Caldeira, citado pela TSF.

O processo de aquisição dos kits de protecção contra a gripe A, pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, decorre. «Não foram ainda distribuídos aos Centros Distritais de Operações de Socorro, sendo certo que será através destes centros que vão ser distribuídos pelos respectivos corpos de bombeiros. O critério de distribuição tem de ser sempre um critério proporcional à população», disse o responsável.

Acresce que o Ministério da Saúde fez já saber que, nesta fase da pandemia, as medidas profilácticas para pessoas que estiveram em contacto com doentes com gripe A foram abandonadas. A administração de Tamiflu é agora uma medida preventiva destinada a pessoas em risco, como grávidas, doentes crónicos e crianças com menos de um ano.

11:28 – 23-08-2009

<!– var browName = navigator.appName; var SiteID = 1; var ZoneID = 290; var browDateTime = (new Date()).getTime(); if (browName == 'Netscape') { document.write('‘); document.write(”); } if (browName != ‘Netscape’) { document.write(‘‘); document.write(”); } // –>

SAÚDE
A Autoridade Nacional da Protecção Civil assegurou ao presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses que estes profissionais vão ter acesso aos kits de prevenção da gripe A já a partir da próxima semana.

13:57 – 23-08-2009

SAÚDE
Margaret Chan, directora da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira a comunidade internacional para a provável existência de uma segunda vaga do vírus H1N1, tal como já aconteceu em pandemias anteriores.

12:57 – 21-08-2009

21:55 – 19-08-2009

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Infantário no Algarve encerrado devido a sete casos de gripe A

Posted in GRIPE SUINA gripe A (H1N1) FLU, NOTICIAS, PORTUGAL on 10 de Agosto de 2009 by os.maias

Hoje às 14:44

Sete casos de gripe A obrigaram ao encerramento de uma creche no Algarve. Os doentes, do Centro Paroquial da Mexilhoeira da Carregação, são seis crianças e uma Educadora de Infância.

O primeiro caso foi confirmado na sexta-feira numa creche numa criança que tinha febre alta há vários dias.

Só depois de surgir a confirmação de que estava infectada com o vírus H1N1 é que foram realizados exames a todos os presentes na creche, confirmando-se msis seis casos.

Mais de 25 por cento das pessoas que frequentam esta creche estiveram em contacto com os doentes.

O infantário em causa funciona em Mexilhoeira da Carregação, no concelho de Lagoa.

Esta tarde, a ministra da Saúde vai prestar esclarecimentos sobre este caso.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Gripe A tem 3 meses e atingiu 342 portugueses

Posted in GRIPE SUINA gripe A (H1N1) FLU, NOTICIAS, PORTUGAL on 4 de Agosto de 2009 by os.maias

O primeiro caso de gripe A em Portugal foi detectado a 4 de Maio. Até ao momento a pandemia não fez vítimas mortais e a maioria dos 342 infectados não tem necessitado de internamento.

Lusa
10:20 Terça-feira, 4 de Ago de 2009

Três meses depois do primeiro caso de gripe A (H1N1) em Portugal, o vírus já infectou 342 pessoas no país, a maioria das quais não precisou de internamento hospitalar e já retomou a sua vida normal.

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ ESPECIAL GRIPE A

O primeiro caso, registado a 4 de Maio, foi o de uma mulher, observada num hospital em Lisboa, que tinha estado no México, um dos focos desta pandemia. Nesse dia, a Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciava que eram mais de mil os casos da doença no mundo.

Três meses depois, a organização afirma que a doença já atingiu 160 dos 193 países membros da OMS e estima que em breve afecte todos os países do mundo. No passado dia 24, um porta-voz da organização estimava que o vírus tivesse provocado a morte de cerca de 800 pessoas.

Em Portugal, no entanto, o vírus não fez vítimas mortais até ao momento e a maioria dos infectados não tem necessitado de internamento. Segundo o Ministério da Saúde, o vírus continua com uma actividade ligeira e moderada, o que tem permitido que as autoridades centrem as suas recomendações nos procedimentos adequados à prevenção do contágio.

A principal mensagem que as autoridades de Saúde têm passado é a da importância da lavagem das mãos e a prova que os portugueses entendem a missiva é a corrida aos desinfectantes que se regista, com as vendas a aumentarem significativamente.

É nos comportamentos individuais que o Governo mais tem insistido para prevenir os contágios, perante o perigo de um vírus que já atingiu milhares de pessoas em todo o mundo e sobre o qual a comunidade científica ainda pouco sabe.

Por essa razão, os cidadãos devem ficar em casa se se sentirem doentes e contactar por telefone os serviços de Saúde para uma orientação. Não levar para a escola crianças doentes nem ir trabalhar em caso de gripe são outras medidas consideradas essenciais para evitar contágios.

O novo vírus H1N1 da gripe A foi detectado pela primeira vez no México em finais de Março e a OMS declarou o estado de pandemia a 11 de Junho. Para aquela organização, a doença propagou-se “a uma velocidade sem precedentes” relativamente a outras epidemias. A OMS sublinha que “durante as pandemias do passado foram necessários mais de seis meses aos vírus gripais para atingir a propagação verificada em apenas seis semanas pelo vírus H1N1”.

No entanto, os peritos da ONU sublinham o “carácter benigno, até hoje, dos sintomas para a esmagadora maioria dos doentes, que se recuperam geralmente, mesmo sem tratamento médico, uma semana após o aparecimento dos primeiros sintomas”.

“Não sabemos como o vírus irá mudar no futuro. Até ao momento, não verificámos nenhuma alteração no comportamento do vírus”, conclui o porta-voz.