Archive for the NOVELA Category

DESESPERO : Lula institui dia da ‘Marcha para Jesus’

Posted in CURIOSIDADES, DINHEIRO, DIVERSOS, DOAÇÃO, FIGURINO, HUMOR, IMPUNIDADE, Luiz Inácio Lula da Silva, LULA, Negócio da China, NOTICIAS, NOVELA, OPORTUNIDADES, POLITICA, SOLIDARIEDADE, TÔ SEM PALAVRAS..., TV on 4 de Setembro de 2009 by os.maias













_Política

var hasComments = true;

quinta-feira, 3 de setembro de 2009, 17:33 | Online

Componentes.montarInfoNoticia(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “infoPage”)

Avalie esta Notícia

Componentes.montarRanking(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “votacao”)

Tania Monteiro, de O Estado de S.Paulo


Componentes.montarControleTexto(“ctrl_texto”)

BRASÍLIA –

Dilma em oração com Crivella (e) e Estevam e Sonia Hernandes (costas). Foto: Dida Sampaio/AE

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quinta-feira, 3, o projeto de lei que institui o Dia Nacional da Marcha para Jesus. Participaram da cerimônia, realizada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), o presidente da Câmara, Michel Temer, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, estavam presentes no evento.

Veja Também

linkDilma Rousseff diz estar curada de câncer linfático

linkCâmara aprova projeto que beneficia religiões

O projeto marca um novo lance nos esforços de Lula para se aproximar do público evangélico, que, segundo estimativas, representa 15% do eleitorado.

Segundo Crivella, a lei que cria a Marcha para Jesus apenas oficializa uma comemoração que já ocorre regularmente em caráter informal em várias cidades brasileiras.

A solenidade contou com a participação de representantes de várias igrejas evangélicas, inclusive dos bispos Estevam e Sônia Hernandes, da Igreja Renascer em Cristo. O casal voltou ao Brasil no começo de agosto, depois de um período de dois anos e seis meses de prisão e liberdade condicional nos Estados Unidos. Eles foram condenados após tentar entrar no país com US$ 56 mil não declarados.

Lula e Estavam Hernandes não se falaram no encontro. Foto: Dida Sampaio/AE

Oração

Antes do início da cerimônia, Estevam Hernandes fez questão de puxar uma oração pela saúde da ministra Dilma, que deu entrevista nesta quinta-feira dizendo que está curada do câncer linfático. Dilma é a candidata do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência em 2010.

De acordo com as informações da Presidência, a Marcha para Jesus teve origem em Londres e hoje ocorre em diversos países.

“Oramos por ela, pela família dela e pela saúde dela”, disse Estevam ao deixar a sala de cerimônias do CCBB, atual sede do governo.

Após a bênção à ministra, o casal Hernandes convidou Dilma para participar, no dia 2 de novembro, em São Paulo, da Marcha para Jesus, quando pretende reunir pelo menos quatro milhões de pessoas. “Ela disse que, se for possível, estará sim presente”, contou Hernandes, que não quis falar em apoio à candidatura da petista às eleições presidenciais de 2010. “É muito cedo para falar em apoio a candidatos”, respondeu.

Quarta-Feira, 02 de Setembro de 2009 | Versão Impressa

Componentes.montarInfoNoticia(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “infoPage”)

Componentes.montarRanking(editoria, subeditoria, idPagina, GUIDPagina, “votacao”)

A fé como negócio


Componentes.montarControleTexto(“ctrl_texto”)

Se a ratificação do acordo firmado pelo presidente Lula e pelo papa Bento XVI já era ruim, uma vez que ignora o princípio do Estado laico consagrado pelas Constituições brasileiras desde a proclamação da República e concede privilégios que colidem com o princípio constitucional da igualdade, com a aprovação do projeto de “Lei Geral das Religiões”, pela Câmara dos Deputados, a situação poderá assumir aspectos de alçada da legislação do Código Penal.

O acordo entre o Brasil e o Estado do Vaticano foi assinado em Roma, no fim de 2008. Ao justificá-lo, a Igreja Católica, valendo-se da condição de ser formalmente subordinada a um Estado soberano, alegou que o objetivo do documento era sistematizar o que estava previsto por leis esparsas. Além da isenção fiscal para pessoas jurídicas religiosas, o acordo prevê a manutenção do patrimônio cultural da Igreja Católica com recursos públicos e isenta a instituição de cumprir obrigações impostas pelas leis trabalhistas brasileiras. Tendo sido redigido de modo vago, ele abre caminho para a ampliação dessas concessões para todos os negócios da Igreja, que é dona de editoras, rádios, TVs e escolas.

Tendo o presidente Lula cometido o equívoco de assinar esse acordo, era inevitável que as demais igrejas invocassem isonomia, exigindo os mesmos privilégios. Quando a ratificação do acordo foi encaminhada ao Legislativo, como determina a Constituição, as bancadas evangélicas aproveitaram a oportunidade para estender a toda e qualquer “instituição religiosa” as mesmas vantagens legais, trabalhistas e fiscais concedidas à Igreja Católica. O projeto de lei apresentado com esse objetivo tramitou em tempo recorde. Seus vícios começam com a total liberdade dada às “denominações religiosas” para criar, modificar ou extinguir suas instituições, e avançam com as isenções fiscais para rendas e patrimônio de pessoas jurídicas vinculadas a quaisquer instituições que passem por religiosas.

Essas concessões abrem uma imensa porteira para negócios escusos. Basta ver, nesse sentido, a ação que foi aberta há três semanas na 9ª Vara Criminal da capital contra a Igreja Universal do Reino de Deus, sob a acusação de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Segundo o Ministério Público, o “bispo” Edir Macedo e seus “pastores” viriam há dez anos iludindo fiéis e cometendo os mais variados tipos de fraude. Os promotores afirmam que, somando transferências e depósitos bancários feitos por pessoas ligadas à Universal, ela teria movimentado R$ 8 bilhões, entre 2001 e 2008, desviando para a aquisição de emissoras de TV e rádio, financeiras, agências de turismo, imobiliárias e jatinhos recursos doados por fiéis para atividades de catequese.

Dias antes de acionar a Universal, o MP havia informado que retomará o processo por crime de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro contra os fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo. A ação estava suspensa porque o “bispo” Estevam Hernandes e a “bispa” Sônia Hernandes estavam cumprindo pena de 10 meses de detenção nos Estados Unidos, por terem entrado naquele país sem declarar a exata quantia de dinheiro que levavam.

Além dos vícios já apontados, o projeto de “Lei Geral das Religiões” contém outros absurdos. Um deles é o dispositivo que prevê que propriedades de uso religioso não poderão ser demolidas ou penhoradas, por causa de sua função social. Como os “supermercados da fé” cada vez mais vêm sendo instalados em galpões, garagens, cinemas e lojas, chamados de “templos”, isso significa que esses imóveis não poderão ser desapropriados para obras de interesse público, o que representa uma interferência nas leis municipais e nos instrumentos de planejamento urbano estabelecidos pelos planos diretores das prefeituras. Razões de sobra tinha o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) – que votou contra a ratificação do acordo com o Vaticano e o projeto da “Lei Geral de Religiões” – para, ao advertir sobre esse risco, afirmar que “templo é dinheiro”.

Vamos esperar que o Senado, que terá de dar seu voto sobre os dois projetos, aproveite essa oportunidade de merecer um aplauso da opinião pública.

Sem explicações

Record defende Universal com ataques

Publicada em 12/08/2009 às 23h47m

O Globo

SÃO PAULO e RIO – A Rede Record, ligada à Igreja Universal, usou nesta quarta-feira 14 minutos do “Jornal da Record” para supostamente responder às denúncias feitas pelo Ministério Público Estadual e aceitas pela Justiça contra o bispo Edir Macedo, fundador e chefe da Universal, e mais nove pessoas ligadas à igreja. Em vez de rebater as denúncias de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, a reportagem da Record preferiu fazer ataques à Rede Globo. As informações sobre a denúncia do Ministério Público e sua aceitação pela Justiça foram publicadas por diversos jornais do país e do exterior.

Na resposta à denúncia do Ministério Público – que acusa Edir Macedo e outras nove pessoas ligadas à Universal de desviarem dinheiro doado por fiéis para empresas de fachada, de onde os recursos são mandados ao exterior e depois voltam “lavados” ao Brasil para a compra de redes de comunicação e imóveis -, o “Jornal da Record” mostrou obras assistenciais da Universal, dizendo que a igreja está presente em 174 países e tem oito milhões de fiéis no Brasil. A reportagem ainda mostrou um jatinho comprado para uso dos pastores e vários fiéis defendendo a Universal.

Na Catedral Mundial da Fé, em Del Castilho, para um público de fiéis de cerca de três mil pessoas, pastores e obreiros distribuíram nesta quarta o folheto “Perseguição traz experiência”, assinado por Edir Macedo. No texto, ele afirma que a igreja “está travando uma guerra e já sabemos qual será o seu final”. Macedo conclama os fiéis a “formar uma frente dos atribulados”: “Vamos orar, juntar as nossas forças, jejuar mais e buscar as promessas de Deus. Não vamos nos abater nem nos deixar abalados. Todas as acusações são para o nosso bem”.

‘Clarín’: “Poderosa igreja acusada de lavar dinheiro”

A denúncia aceita pela Justiça foi destaque no noticiário mundial. Reportagens de agências internacionais como Associated Press (AP), Reuters, AFP e Ansa foram reproduzidas por todos os principais jornais e sites nos Estados Unidos (“New York Times”, “Washington Post”, “The Independent”, “Miami Herald”, CBS News, NBC) e diversos outros países onde a Universal atua, como Portugal, Argentina, Venezuela, Equador, Peru, México, Panamá, Uruguai. A Reuters informou que Macedo e seu grupo são acusados de usar doações de fiéis em benefício próprio para comprar imóveis, carros e joias, além de TVs e rádios. A AP destaca que, segundo a denúncia, a igreja é utilizada para a prática de fraudes há anos.

O argentino “El Clarín” acrescenta: “O que estaria em jogo é que parte desses recursos teria saído do Brasil para paraísos fiscais através de empresas fantasmas abertas por membros da entidade. O dinheiro teria sido repatriado posteriormente e depositado em contas de pessoas físicas ligadas à Universal. Com tais recursos, teriam comprado emissoras de TV e rádio, como também outras empresas do conglomerado religioso”.

O “Diário de Notícias” e o “Jornal de Notícias”, ambos de Portugal, relatam que o grupo é acusado de associação criminosa e lavagem de dinheiro. O “Jornal de Notícias” cita que autoridades brasileiras cogitam pedir ajuda de outros países, incluindo Portugal e nações africanas, para recolher elementos de prova que consolidem as acusações, de acordo com a agência Lusa, que cita fonte do Ministério Público brasileiro: “As investigações podem se estender a todos os países onde houver templos da igreja e indícios de emissão de recursos”. O jornal lembra que a Igreja Universal iniciou atividade em Portugal em 1999, como porta de entrada para Europa e África. “Por aqui estão instalados mais de 120 templos e encontram-se em construção espaços de culto verdadeiramente megalômanos. No continente africano, está presente em quase todos os países e, só em Angola, existem 400 cultos”.

A BBC lembrou o caso dos fundadores da Renascer em Cristo, Estevam e Sonia Hernandes, que cumpriram pena de prisão nos EUA por contrabando de dinheiro.

Brasil

LAVAGEM DE DINHEIRO

TV da Renascer ataca promotores

Fernanda Fernandes, de 25 anos, filha do casal evangélico Estevam e Sonia Hernandes, acusado de lavagem de dinheiro e estelionato, usou o canal de televisão mantido pela Igreja Renascer em Cristo para atacar a Justiça. O casal de “bispos” foi solto nos Estados Unidos. O governo brasileiro prepara um pedido de extradição


22 Jan 2007 – 01h40min

var tgs = new Array( ‘div’,’td’,’tr’); var szs = new Array( ‘xx-small’,’x-small’,’small’,’medium’,’large’,’x-large’,’xx-large’ ); var startSz = 1; function ts( trgt,inc ) { if (!document.getElementById) return var d = document,cEl = null,sz = startSz,i,j,cTags; sz += inc; if ( sz 4 ) sz = 4; startSz = sz; if ( !( cEl = d.getElementById( trgt ) ) ) cEl = d.getElementsByTagName( trgt )[ 0 ]; cEl.style.fontSize = szs[ sz ]; for ( i = 0 ; i

ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos(Foto: baNCO DE DADOS)

A filha dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Fernanda Hernandes, utilizou a televisão mantida pela denominação para acusar os promotores de Justiça que denunciaram seus pais pelos crimes de lavagem de dinheiro, evasão de divisas e estelionato de “agir com o espírito do anti-Cristo”, “ter sede da vida do ‘apóstolo’ Estevam”, “perseguir o povo evangélico” e “querer instaurar uma nova inquisição no Brasil”.

Primeira igreja neopentecostal a investir no televangelismo para arrebanhar um público, em sua maior parte, de classe média, a Renascer agora usa sua rede para apontar uma perseguição contra os evangélicos. O site da igreja conclama os fiéis a permanecerem em jejum e fazerem orações, como “arma espiritual” e a permanecerem “fiéis ao seu chamado”.

“O promotor não quer promover Justiça. Quer promover o próprio rosto. Não tem respeito pela profissão. Promover Justiça não tem nada a ver com destruir uma família, porque quem tem provas não precisa de mídia”, disse ela em depoimento enviado da casa de sua família no condomínio de Boca Raton, na Florida, e exibido em programas da “TV Gospel”.

A televisão mostra debates com o tema “você já sofreu preconceito por ser evangélico?” e depoimentos que atestam a “dedicação do ‘apóstolo’ e da ‘bispa'”. “O Brasil ainda é católico, mas os evangélicos já são 30% da população. Por isso querem nos destruir e se referem a nós de maneira pejorativa”, afirmou ela a filha dos Hernandez.

Identificada pela TV como “pastora Fê”, Fernanda Hernandes, de 25 anos, estava com seus pais e líderes da Renascer, Estevam e Sonia Hernandes, quando eles foram presos ao tentar entrar nos Estados Unidos com US$ 56,5 mil, após declarar apenas US$ 10 mil. Seus pais foram presos e ela o irmão, Felipe Hernandes, liberados após prestar depoimento.

Estevam e Sonia Hernandes foram mantidos pela justiça americana no Federal Detention Center (FDC) e depois transferidos para cadeias destinadas a imigrantes em Miami. Soltos entre quinta e sexta-feira, eles devem permanecer sob custódia das autoridades americanas pelo menos até o dia 24, quando participam de audiência com o juiz local.

Dentro do “programa de supervisão intensiva”, aplicado a imigrantes ilegais, Sonia e Estevam usam braceletes com chips de monitoramento e têm de se recolher após as 17 horas. Nos Estados Unidos, respondem por lavagem de dinheiro e falsificação de documento público. O ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, deve assinar uma petição ao governo dos Estados Unidos para fins de extradição do casal fundador da Igreja Renascer em Cristo.

Todo o conteúdo desse blog é originalmente do Blog do Planalto e está licenciado sob a CC-by-sa-2.5:
CLONE BLOG DO PLANALTO

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Gloria Perez deixa recado emocionado no último texto da novela das 8

Posted in Caminho das Índias, NOVELA on 3 de Setembro de 2009 by os.maias


Leonardo Aversa

Gloria Perez entregou ontem o capítulo final de “Caminho das Índias”, que vai ao ar no dia 11. E, no final do texto, ela deixa um recado para elenco e equipe. Leia na íntegra.

” À direção, elenco, produção, técnica, edição, sonorização, coreografia, figurino, direção de arte, contra-regra, efeitos especiais, pessoal da limpeza, às minhas pesquisadoras, a todos os envolvidos nesse trabalho, meu abraço muito carinhoso e agradecido, pela dedicação e empenho com que deram vida e colorido a essa história.

Quero registrar também meu muito obrigada aos colegas Elizabeth Jhin e Carlos Lombardi, que generosos e companheiros, estiveram à postos para me socorrer em caso de help!

E contar pra vocês que atravesso um momento especialmente feliz, o fim de outra saga: faço a última aplicaçao da quimioterapia e, segundo afirmaçao do médico, dr. Daniel Tabak, não há doença nenhuma em meu organismo. Estou novinha em folha outra vez!

Que “Caminho das Indias” fique como um momento feliz, auspicioso, como uma saudade boa, na memória do público e nas vidas de todos nós.

Atchá! Até nosso próximo encontro!

Gloria Perez

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Veja o que vai acontecer no último capítulo de ‘Caminho das Índias’

Posted in Caminho das Índias, NOVELA on 3 de Setembro de 2009 by os.maias
Enviado por Retratos da Vida –

3.9.2009
| 7h00m


Divulgação TV Globo

Mais uma vez o leitor do EXTRA fica sabendo em primeira mão tudo o que vai acontecer no fim de sua novela preferida. No dia em que Gloria Perez entregou à produção o último capítulo de “Caminho das Índias”, a repórter Marcelle Carvalho recebeu o mesmo material. E a principal pergunta do público é com quem Maya (Juliana Paes) vai ficar? E a resposta é: Raj (Rodrigo Lombardi). Leia abaixo todos os outros desfechos da trama que parou o país.

O início do fim
O capítulo 203 começa com a cena em que Laksmi (Laura Cardoso) conta a Shankar (Lima Duarte) e Opash (Tony Ramos) que eles são pai e filho, para surpresa de ambos. Incialmente, eles rejeitam a ideia mas acabam se abraçando.

O maluco beleza
Tarso (Bruno Gagliasso) faz um show na clínica (ele canta “Maluco beleza”, de Raul Seixas), e Melissa (Christiane Torloni) assiste a tudo escondida. No meio da apresentação, Tônia (Marjorie Estiano) chega e os dois se beijam apaixonadamente. Ao final, Melissa diz ao filho que sente muito orgulho dele.

Na presidência
Inês (Maria Maya) conta a Ramiro (Humberto Martins) que ela fez um relatório importante para empresa e Seu Cadore (Elias Gleiser) diz que a neta é a pessoa perfeita para assumir a presidência.

É menina!
Em nenhum momento a falsa gravidez de Surya (Cleo Pires) é descoberta. Ela compra o bebê, como planejado inicialmente. No entanto, a vilã é surpreendida com a notícia de que “deu à luz” uma menina linda, o que a deixa arrasada. “Estou perdida, vou voltar a ser criada da casa”, diz a naja.

Menina prodígio
A pequena Anusha (Karina Ferrari) vai até um juiz, sozinha, e pede para que seu casamento com Amarit (João Fernandes) seja anulado. Pedido feito, pedido aceito. Depois, ela e o dalit Hari (Cadu Pachoal) prometem que vão ficar juntos.

Parabéns pro papai!
Depois de sair da prisão, Zeca (Duda Nagle) vê na TV que alguns jovens entraram na Justiça contra um banco de sêmen para ter o direito de saber quem são seus pais. Zeca chama a atenção do pai, César (Antonio Calloni), para a notícia. Ele ignora o fato de ter sido um doador quando jovem. No entanto, na porta do prédio da “esperta” família, cerca de 20 jovens aparecem com cartazes na mão escrito: “Papai”.

Zeca é condenado
O pitboy Zeca é condenado por ter atropelado Duda (Tânia Khalil) mas por ser um réu tecnicamente primário vai cumprir a pena em liberdade e prestar serviços no Projeto Viva Cazuza.

Casamento de Tarso
Tarso se casa com Tônia e a festa é na Gafieira Estudantina, com direito a show de Maria Bethânia.

Gêmeos!
Camila (Ísis Valverde) e Ravi (Caio Blat) descobrem que estão grávidos de gêmeos.

Mamãe
Silvia (Debora Bloch) descobre que está grávida de Murilo (Caco Ciocler).

Espertinha
Yvone (Letícia Sabatella) consegue fugir da prisão com a ajuda do carcereiro. Ela sabe que presas que ganharam benefício vão sair para visitar as mães e diz ao funcionário da prisão que queria abraçar sua mãe. Com pena, ele dá cobertura para a vilã ficar duas horas fora para ver a mãe. Só que Yvone sai e não volta mais. No fim, a psicopata acaba se dando bem.

Sem o perdão
Raul (Alexandre Borges) devolve o dinheiro que lhe restou para Silvia investir no futuro de Julia (Vitória Frate). Depois, parte para o interior de São Paulo, numa cidade onde ninguém o conhece. Só virá ao Rio quando o chamarem em função do processo. Em nenhum momento ele tem o perdão de sua família.

Você não vale nada
Norminha (Dira Paes) volta a dar o leitinho com canela para Abel (Anderson Müller), que bebe e cai no sono, com um sorriso nos lábios. Caminho livre para a musa da Lapa voltar à pegação.

A ignorância de Raj
Raj termina a novela sem saber que teve um filho com Duda, a firanghi estrangeira. Ela resolve esperar Antônio Niraj crescer para decidir se quer conhecer o verdadeiro pai, para alívio de Lucas (Murilo Rosa).

Única aparição
Bahuan (Márcio Garcia) só aparece em uma cena, bem próximo ao fim do capítulo, durante o cortejo do seu casamento com Shivani (Taila Ayala). Raj e Maya veem o ritual passar. A indiana fica um pouco constrangida mas Raj diz: “Que sejam felizes como nós somos.”

Raj e Maya
Depois de ser dado como morto, Raj volta e se apresenta a Pandit (José de Abreu), que se assusta ao vê-lo. O empresário quer saber o que aconteceu com Maya e se surpreende quando o sacerdote diz que ela está nos becos de Varanasi. Ele sai em busca da mulher e a cena é de muita emoção. É o grande momento do último capítulo da novela: eles se veem de longe, no meio de uma multidão e correm um em direção ao outro. “Nós construímos um amor, agora eu sei”, diz Raj.

Opash busca o neto
Há duas cenas faltando no bloco entregue ontem. Mas tudo leva a crer que Opash, arrependido, vai ao viuvário buscar o neto Niraj. Há uma cena em que Maya promete ao filho que um dia irá buscá-lo. Neste momento, ninguém sabe que Raj está vivo.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Castigo: Surya vai virar empregada na casa dos Ananda

Posted in Caminho das Índias, NOVELA on 3 de Setembro de 2009 by os.maias


Divulgação TV Globo

Mais uma de Gloria Perez: Surya (Cleo Pires) só será desmascarada no último capítulo de “Caminho das Índias”. A naja vai terminar seus dias como a criada do lar dos Ananda. “É que não nasce o filho homem”, diz a autora. Surya perde todas as regalias e passa o resto dos dias servindo tchai para a família.

( castigo fraquinhoooooo, sem graça !)

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Opash descobre que seu neto é um dalit em ‘Caminho das Índias’

Posted in Caminho das Índias, NOTICIAS, NOVELA on 2 de Setembro de 2009 by os.maias


Opash (Tony Ramos) vai levar mais um duro golpe em “Caminho das Índias”. O comerciante vai descobrir que Niraj, o menino que ele acredita ser filho de Raj (Rodrigo Lombardi) e, portanto, seu neto, é, na verdade, herdeiro de Bahuan (Márcio Garcia). A revelação fará com que o patriarca dos Ananda expulse Maya e o bebê de casa.

Opash fica sabendo do segredo de Maya no dia em que farão uma oferenda no templo para alma de Raj (a família acredita que o empresário morreu em um acidente de trem). Neste mesmo dia, Maya prepara tudo para entregar Niraj a Bahuan, já que teme por seu futuro. Só que Opash quer entrar no templo com o neto no colo, frustrando os planos da indiana.

Enquanto isso, Bahuan espera impaciente a ex namorada, que demora para se desvencilhar do sogro. Ela só consegue fazer isso quando já está ao lado de todos no templo. Maya sai de fininho e vai até o ponto de encontro com Bahuan. Só que ao chegar lá, a indiana não o encontra e se despera. O intocável, crente que ela conseguiu ajeitar as coisas de outra forma, entende a demora dela como um sinal e vai encontrar Shivani no aeroporto.

A ausência de Maya e de Niarj é sentida por Opash, que fica bravo com a nora e volta em casa para ver se ela está lá. Ele vai até o quarto da nora e vê a ponta de uma carta endereçada para Raj para fora da gaveta. Puxa e a lê: “Eu não tive coragem de lhe contar que quando nos casamos, eu estava grávida dele… “. Opash engasga e constata: “Meu neto… não é meu neto? é um dalit?!”

Ao descer as escadas furioso, ele dá de cara com Maya e a criança. Após muita discussão, ele a expulsa de casa. Veja como será a emocionante cena:

Opash: Você enganou meu filho! Me enganou! Enganou nossa familia inteira!

Maya: Sogro

Opash: Eu não sou seu sogro! Não sou seu sogro! Não me chame de sogro! Niraj não é filho do nosso Raj, Indira! É filho de um dalit! Niraj é um dalit!

Indira: Baguan kelie!

Amithab:
O que você está dizendo, baldi?

Opash:
Essa mulher contaminou nossa casa! Nossa casa está impura! Nós todos estamos impuros! Está aqui! A confissão escrita por ela! Com a letra dela! Tike, tike! O coração de Opash está esmagado como uma ervilha debaixo da pata de um elefante!


Indira: Maya! Como é que você pôde fazer isso com a gente? Eu acolhi você como se fosse uma mãe! E você era uma naja vestida de noiva! Lord Ganesha! Porque meu Raj não se casou com a firanghi estrangeira?

Maya: Me calei por medo e não sentia que estava enganando, porque eu amava de verdade o meu marido! Os deuses sabem que não estou mentindo!

Opash: Você enganou a todos nós e enganou a alma do meu filho tambem! Agora a alma de Raj vai vagar no escuro, sem nunca encontrar as portas do paraíso! Baguan kelie! Porque tudo isto está acontecendo comigo? Saia! saia daqui!

Maya vai recuando desesperada

Opash: Eu não sou mais responsável por você! Você não é a viúva do meu filho! É a mulher que desvirtuou meu filho nessa vida e na outra! Fora daqui! fora! Seu lugar é lá, nos gats de Varanasi!

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.
disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Maya abre mão do filho e pede para Bahuan criar Niraj na novela das 8

Posted in Caminho das Índias, NOTICIAS, NOVELA on 2 de Setembro de 2009 by os.maias


Maya (Juliana Paes) está no olho do furacão em “Caminho das Índias”. Com medo de que o filho, Niraj, entre também nesta tormenta, ela abrirá mão do garoto e o entregará a Bahuan (Márcio Garcia). Prestes a ir embora da Índia, o dalit vai receber dela a missão de criar o menino.

Isso acontece depois que a indiana passa a acreditar que está viúva. É que Raj (Rodrigo Lombardi), entando fugir da verdade sobre o envolvimento de Maya e Bahuan e também do fato de o dalit ser o pai de Niraj, embarca com o time de pólo numa viagem de trem. Quando o veículo explode, todos pensam que o empresário morreu, e Maya teme pelo destino do filho.

Ela, então, pede que Camilla (Isis Valverde) leve um bilhete para Shankar (Lima Duarte), já que Bahuan não atende suas ligações. “Leva, por favor, eu tô perdida, mas quero salvar meu filho”, implora a indiana, para espanto de Camilla. “O que é que está acontecendo, Maya?”, indaga a brasileira. “Niraj não é filho de Raj! Surya (Cleo Pires) sabe e vai contar!”, revela a indiana.

Camilla atende o pedido de Maya e, ao chegar à casa do brâmane, entrega o bilhete a Bahuan, que o lê. “Preciso falar com você! Hoje, quando o sol cair, no lugar de sempre!”, pede Maya na mensagem.

No local do encontro, o dalit se surpreende ao ver a ex-namorada vestida com um sári branco, cor das viúvas. A indiana logo dispara: “Você disse que estava indo embora da Índia! Meu filho corre perigo! Leve ele com você! Prometa que vai criar Niraj, ensinar tudo a ele”. Bahuan quer saber o que fizeram a Maya, e ela só pede que ele prometa que cuidará do menino. Ao ter a confirmação, a indiana avisa: “No dia que você for embora, nessa mesma hora, eu venho entregar Niraj pra você!”.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.
disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Yvone é presa em ‘Caminho das Índias’

Posted in Caminho das Índias, NOTICIAS, NOVELA on 2 de Setembro de 2009 by os.maias


Aí estão as fotos do momento em que Yvone (Letícia Sabatella) é presa, em “Caminho das Índias”. Certa de que ficaria impune mais uma vez, a vilã está tranquila dentro do ônibus, quando a polícia intercepta o coletivo. Os policiais sobem no ônibus, algemam a psicopata e a levam para a viatura. Confira as imagens:

Crente que terá mais uma fuga tranquila, Yvone não repara a viatura da polícia emparelhando ao ônibus

Os carros interceptam o coletivo

Os policiais entrar no ônibus e identificam a bandida

Uma policial feminina ajeita a vilã….

… para poder algemá-la

É nítido o ódio da psicopata…

… que acaba na viatura policial em direção ao presído

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.
disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900