Archive for the AUDIO Category

LibriVox: free audiobooks

Posted in AUDIO, BOOK, CULTURA, PODCAST, TECNOLOGIA on 20 de Agosto de 2009 by os.maias
Listen

LibriVox provides free audiobooks from the public domain. There are several options for listening. The first step is to get the mp3 or ogg files into your own computer:

LibriVox Catalog

LibriVox Podcast Feed

<!–

Random Chapter

–>

Read

Would you like to record chapters of books in the public domain? It’s easy to volunteer. All you need is a computer, some free recording software, and your own voice.

Volunteer

LibriVox Forums

Librivox plans to read all the books in the public domain

RSS

Latest News

SXSW Panel: When Every Book Is Connected
Posted 4 hours ago
My colleague, co-founder, and the chief architect and getter-doner at Book Oven, Stephanie Troeth has proposed a moderated panel at SXSW this year called: Beyond … [Link]

BookList’s Audiobooker on LibriVox
Posted 7 days ago
There is an interview up over at BookList’s Audiobooker Blog, with Mary Burkey: The home of 2,557 audiobooks in 26 languages – all FREE. Hugh … [Link]

LibriVox’s Fourth Anniversary (and Community Podcast #106)
Posted 9 days ago
It’s our Fourth Anniversary! LibriVox started with an optimistic blog post on 10th August, 2005 … and then grew and grew and …We now have … [Link]

LibriVox’s Fourth Anniversary (and Community Podcast #106)
Posted 9 days ago
It’s our Fourth Anniversary! LibriVox started with an optimistic blog post on 10th August, 2005 … and then grew and grew and …We now have … [Link]

LibriVox’s Fourth Anniversary (and Community Podcast #106)
Posted 9 days ago
It’s our Fourth Anniversary! LibriVox started with an optimistic blog post on 10th August, 2005 … and then grew and grew and …We now have … [Link]

RSS feed for latest news

spanish flag icon Páginas traducidas al Español

Estamos en proceso de traducir partes importantes de nuestro sitio web a varios idiomas. Por favor comprendan que es muy difícil y trabajoso mantener las páginas traducidas al mismo nivel de actualización que la versión original en inglés. Adicionalmente, es inevitable que la mayoría de los enlaces provenientes de las páginas traducidas conduzcan a páginas en inglés.

日本語版解説ページ

当サイトの主要部分の多言語翻訳は、まだ進行中です。翻訳ページを原文そのままの最新状況に保つのは難しいことを理解ください。また、翻訳ページに記載されたリンクが主に英語版のページにつながってしまうこともご容赦ください。

聴く

LibriVoxは、パブリックドメインの作品群のオーディオブックを配信しています。オーディオブックの聴き方はいくつかあります。まずmp3やoggファイルをダウンロードしましょう

カタログ

Podcast

朗読する

パブリックドメインの作品を録音してみませんか?ボランティアは簡単です。必要なのはパソコンとフリーの録音ソフト、それにあなたの声だけです。

ボランティアに参加する

フォーラムに参加する

Librivoxのボランティアは、パブリックドメインの作品を録音してインターネット上に音声ファイルを公開しています。すべてのパブリックドメイン作品を収録することがLibrivoxの目標です。

LibiVox の無料オーディオブック
Librivoxのボランティアは、パブリックドメインの作品を録音してインターネット上に無料で’音声ファイルを公開しています。すべてのパブリックドメイン作品を収録することがLibrivoxの目標です。

  • 詳細情報
  • FAQ
  • 連絡先
  • LibriVox リンク

  • カタログ
  • 聴く方法
  • ボランティアの方法
  • LibriVoxフォーラム
  • LibriVox Wiki
  • LibriVox feeds

  • LibriVox Books Podcast
  • LibriVox Community Podcast
  • New Releases Podcast
  • New Releases Feed
  • Latest News Feed
  • 外部リンク

  • その他のプロジェクト
  • LibrivoxはProject Gutenberg
    のご厚意によりホスティングされています。 また、WordPress
    Entries (RSS)およびComments (RSS)によって運営されています。

    brazil flag icon O Domínio Público e LibriVox

    Os diretos autorais dão a um indivíduo ou empresa os direitos exclusivos sobre um texto por um tempo determinado. Isto implica que ninguém o pode reproduzir ou utilizar em outros trabalhos (tais como gravações de áudio) enquanto o direito do autor estiver vigente. Eventualmente, todavia, o direito autoral caduca e o texto se torna livre, entrando para o domínio público. Isto significa que qualquer um poderá fazer o que quiser com ele.

    O LibriVox seleciona textos que já estejam no domínio público, reúne voluntários para fazer as gravações do texto e libera para o domínio público o resultado.Se você se voluntariar para gravar para o LibriVox, deve aceitar que os arquivos de áudio sejam liberados para o domínio público.

    Ademais, resenhas, capas de CD e qualquer outro material que entrar em nosso catálogo com as gravações de audio estão no domínio público.

    Implicando que qualquer um pode fazer o que quiser com o material.

    O que siginifica exatamente “o que quer que eles queiram”? Alguém pode usar a sua gravação para obter lucro; podem remixá-la em outros projetos. Não é necessário dar crédito nem ao leitor nem ao LibriVox. Qualquer um pode fazer todo tipo de coisa sem necessitar do consentimento do autor. Por exemplo, pode acontecer de:

    • Os CDs dos Sermões do Padre Antônio Vieira serem vendidos para levantar fundos para uma instituição de caridade da qual você não gosta;
    • A Origem das Espécies ser usado como cenário de um filme erótico;
    • Os Lusíadas serem mixados numa música RAP violenta;
    • A sua resenha de Frenkenstein ser usada para promover um filme milionário;
    • A sua gravação ser editada para fazer parecer que você está exigindo um resgate.

    Embora estes exemplos sejam imaginativos, todos são usos aceitáves de obras de domínio público. Portanto, esteja ciente de suas ações quando conceder as suas gravações ao domínio público. Você efetivamente abandona a obra!

    O librivox se utiliza do maravilhoso Projeto Gutenberg como fonte de textos eletrônicos dos quais fazemos as gravações.

    As leis de direito autoral são um assunto complexo e importante. Encorajamos a todos a lerem mais sobre elas. Eis algumas referências:

    Swine Flu Info
    Gripe A H1N1

    Fale com o Ministério

    Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

    El senador Mitch McConnell alaba la actitud de los partidos

    Posted in AUDIO, NOTICIAS, PODCAST on 2 de Outubro de 2008 by os.maias

    El líder de la minoría republicana del Senado, Mitch McConnell alaba la actitud de los miembros de la cámara a la hora de votar el plan de rescate financiero de Bush

    O que é o ReadSpeaker

    Posted in : NECESSIDADES ESPECIAIS, AUDIO, LINKS, TECNOLOGIA on 13 de Setembro de 2008 by os.maias

    ReadSpeaker™ é um serviço que permite uma consulta mais fácil dos sites de internet, graças a uma síntese vocal quase natural, que lê o conteúdo das páginas ao visitante.

    ReadSpeaker™ é uma solução de tipo ASP (Application Service Provider), que aloja todo o serviço, não sendo necessário refazer o site.

    ReadSpeaker™ transforma automaticamente um conteúdo Web em áudio, a partir de ficheiros HTML, XML, Word, RTF e PDF. O sistema funciona em praticamente todos os sites e em todos os sistemas de navegação. A ligação pode ser efectuada a partir de um modem tipo 33,6 kbits ou superior.

    O visitante do site não precisa de descarregar nenhum software para aceder à versão vocalizada. O utilizador apenas necessita de um computador equipado de uma placa de som, de colunas ou auscultadores e de uma ligação à internet. Ou seja, algo que praticamente todos os computadores têm.

    O serviço ReadSpeaker™ pode ficar operacional no seu site muito rapidamente (em alguns dias)

    ReadSpeaker

    O ReadSpeaker é um serviço destinado a empresas, organizações e instituições governamentais, para as quais é importante que um maior número de pessoas possa aceder à informação disponibilizada nos seus sites. O ReadSpeaker é hoje o líder europeu do mercado de “Voz na Internet”, com centenas de milhares de utilizadores por mês. O ReadSpeaker é uma solução do tipo ASP (Application Service Provider), não exigindo nenhuma instalação ou adaptação no servidor do site. O utilizador também não necessita de descarregar nenhum software nem de colocar nenhum plug-in complicado no seu computador.

    Conheça melhor o nosso serviço:

    Apresentação ReadSpeaker [PowerPoint (pps) – 3,2 Mb]

    Sistemas de Navegação (Browsers)

    O ReadSpeaker funciona com os principais sistemas de navegação do mercado, nomeadamente: Explorer v4 e versões posteriores (PC e Mac), Netscape Communicator (PC e Mac), Netscape Navigator (PC, Mac, Linux, Solaris), Mozilla, Opera, Safari (Mac).

    Disponibilidade

    O serviço ReadSpeaker está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana e durante todo o ano.

    Prazo de entrega

    O ReadSpeaker é normalmente colocado em serviço, em estado perfeitamente operacional, no prazo de uma a duas semanas a contar da data da encomenda.

    Línguas

    Actualmente, o ReadSpeaker está disponível na maior parte das línguas europeias: Inglês, Alemão, Francês, Sueco, Norueguês, Dinamarquês, Finlandês, Holandês, Italiano, Espanhol e Português. Outras línguas poderão ser acrescentadas mediante pedido.

    Tecnologia

    A tecnologia PHAT (Phoneticom Accessibility Technology) é desenvolvida pela empresa mãe da ReadSpeaker, a Phoneticom AB, sediada na Suécia. A tecnologia PHAT transforma as páginas de internet em voz de alta qualidade, utilizando o software TTS (text-to-speech), disponibilizado pelos principais líderes do mercado neste sector.

    Encomendas, Tarifário/Preços

    O cliente do serviço ReadSpeaker é o proprietário do site. O serviço funciona por assinatura com uma oferta global e um preço com tudo incluído. Este preço é composto de duas partes: despesas de instalação (colocação em funcionamento, licenças, configuração dos dicionários de pronúncia e outros ajustes específicos do site) e um pagamento mensal (licenças, alojamento, gestão, manutenção e suporte).

    Serviços

    A ReadSpeaker™ oferece vários serviços, entre eles:

    A escolha do serviço mais adequado depende da configuração do site, das preferências do cliente e da população-alvo. Para obter informação mais detalhada sobre estes serviços, assim como sobre as diferenças entre os mesmos, por favor utilize o link em cima à esquerda.

    "A Cidade e as Serras", de Eça de Queirós, esperou meio século para ter nova tradução em inglês

    Posted in : NECESSIDADES ESPECIAIS, AUDIO, CULTURA, EÇA DE QUEIROZ on 13 de Setembro de 2008 by os.maias

    Cultura

    Literatura:

    Londres, 12 Nov (Lusa) – Uma nova tradução para inglês do livro “A Cidade e as Serras”, de Eça de Queirós, está disponível desde esta semana no Reino Unido, a primeira em mais de 50 anos.

    O romance, o sexto livro de Eça a sair com a chancela da Dedalus, foi traduzido, como todos os anteriores do autor, por Margaret Jull Costa.

    Este é o segundo livro de Eça de Queirós a sair para as livrarias inglesas no espaço de um ano, após a publicação de uma nova tradução de “Os Maias” em 2007.

    Para 2010 está programado o lançamento de um volume com textos mais curtos, a intitular “Alves e Companhia e outros contos e novelas”.

    “Até 2012 espero ter editados todos os romances dele pelo mesmo tradutor”, anunciou o director da Dedalus, Eric Lane, à Agência Lusa.

    O interesse do editor por Eça começou em 1992, quando procurou autores dos 12 países da União Europeia para comemorar o mercado único comum.

    Acabou por publicar no ano seguinte “O Mandarim e outras histórias”, que incluía o conto “José Matias” e um excerto de “A Relíquia”.

    Em 2000, foi-lhe proposta a tradução de “A Tragédia da Rua das Flores”, texto então inédito em língua inglesa.

    “Foi quando li este que fiquei convencido de que Eça de Queirós é um grande escritor europeu e que o melhor a fazer era editar todos os seus romances”, disse Lane.

    Seguiram-se então a edição integral de “A Relíquia” e o “O Crime do Padre Amaro” em 2002, “Primo Basílio” em 2003 e “Os Maias” em 2007.

    Apesar de algumas destas obras já terem traduções anteriores em língua inglesa, Lane pensa que algumas estão “envelhecidas”.

    “A linguagem de há, por exemplo, 30 anos, em especial se é usado calão ou expressões idiomáticas, não é a mesma”, explica.

    A única tradução anterior de “A Cidade e as Serras” em inglês, é de Roy Campbell e data de 1955.

    Outra vantagem é ter Margaret Jull Costa como tradutora, assinala Lane, que a considera uma “superstar” do meio.

    Tradutora de Fernando Pessoa, António Lobo Antunes e Lídia Jorge, Jull Costa foi distinguida em 2000 com o prémio Weidenfeld pela tradução de “Todos os Nomes”, de José Saramago.

    O seu trabalho com “Os Maias” valeu-lhe o mesmo prémio em 2008 e o prémio PEN/Book of the Month Club nos EUA em Março deste ano.

    “É uma grande sorte ter alguém como ela a traduzir Eça de Queirós”, vinca Lane.

    Ainda este ano, a Dedalus pretende fazer uma nova tiragem de “O Mandarim e outras histórias”, entretanto esgotada, com alguns contos que não constavam da edição anterior.

    Para Abril de 2009 está prevista uma reedição de “A Tragédia da Rua das Flores”, esgotada desde há duas semanas.

    Da Fundação Calouste Gulbenkian e do Instituto Português do Livro, a editora recebe financiamento para pagar as traduções, enquanto que o Instituto Camões compra alguns exemplares.

    Embora cada edição não venda mais do que alguns milhares de livros – cerca de 3.500 foi o melhor resultado, obtido por “A Relíquia” – Eric Lane pensa que o seu trabalho é importante.

    “Eça de Queirós ainda é incrivelmente negligenciado nos países de expressão inglesa, quando devia estar a par de Balzac e dos russos, como Dostoyevsky e Tolstoy”, defende.

    Por outro lado, as edições em inglês servem alguns leitores de outras línguas onde não existam traduções de Eça de Queirós, ou já estejam esgotadas.

    “Ao menos”, frisa, “os livros estão disponíveis para quem os quiser ler”।

    Vocalizado por ReadSpeaker

    <!–// document.write(”); document.write(”); document.write(”); document.write(“”); document.write(‘ ‘); //–> Salvar

    Se não ouvir nenhum som clique aqui

    Audioteca

    Posted in : NECESSIDADES ESPECIAIS, AUDIO, LINKS, SOLIDARIEDADE on 6 de Julho de 2008 by os.maias

    O projeto destina-se a pessoas da terceira idade e pessoas com alguma limitação visual, física ou motora que os impossibilite de ler.

    Rockola.fm

    Posted in AUDIO on 29 de Junho de 2008 by os.maias

    Rockola.fm

    é uma rádio online espanhola um pouco diferente de outros sites do gênero. Ele possui muitas funcionalidades comuns aos seus congêneres, como a busca de uma banda e a partir daí ir tocando automaticamente músicas semelhantes ou ouvir emissoras criadas por outros usuários ou criar a sua própria.

    Porém, ele possui algo que o torna especialmente único que é a seleção de músicas de acordo com seu ânimo. Na página inicial do site existe um círculo colorido e em quatro pontos diferentes desta circunferência está escrito um estado: Otimista, Intenso, Sentimental e Melancólico.

    Características

    Você tem duas maneiras diferentes para começar a ouvir músicas no Rockola.fm: uma é clicando no círculo do estado de espírito e outra é procurando através da barra de busca. Digite o nome de uma banda nesta barra e inicie a busca. Uma música deste artista começará a tocar e outras de artistas semelhantes seguirão tocando na rádio.

    Procure músicas de acordo com seu estado de espiritoEnquanto isso, você tem acesso a nomes de bandas que têm um som semelhante à pesquisada por você, ou seja, você ouve um tipo de som que curte e ainda descobre novas bandas com sons semelhantes, aumentando ainda mais o seu leque de músicas.

    Outra função interessante deste site é que você pode selecionar as músicas que serão tocadas por décadas. Por exemplo, selecionar que toquem somente músicas das décadas de 1980 ou 1990, ou 1950, 2000, 2007, etc. É uma maneira interessante de relembrar as músicas que fizeram sucesso em certa época de sua vida.

    O site é gratuito e você pode ouvir sem registrar-se. Porém, para criar suas estações ou escolher se você gosta ou não da música que está tocando, é preciso ser cadastrado e estar logado no site. Se você não gostou da música, clique em “No oir más”, que esta música não voltará para sua rádio. Caso você tenha gostado, escolha “Me gusta”, para que ela volte futuramente.

    Você pode ter acesso e alterar a lista das músicas que gosta ou não no quadro do lado direito da janela, clicando nas guias “Me gustan” e “No oír más”.

    Criando sua emissora

    Outra possibilidade oferecida pelo Rockola.fm é a criação de sua própria emissora, que poderá ser particular ou pública, para ser acessada por qualquer outro usuário do site. Para criar sua própria estação de rádio online, clique em “Convertir em mi emisora”. A partir daí, as músicas sempre que quiser ouvir músicas de artistas semelhantes àquele que você selecionou, basta acessar sua rádio.

    NOSSA OPINIÃO

    Rockola.fm é uma excelente alternativa para quem quer um bom serviço quando o assunto é rádio online. Além de ser totalmente gratuito, o site possui um enorme banco de dados, com diversos artistas, inclusive muitos brasileiros (principalmente clássicos da MPB como Caetano Veloso, Tom Jobim, Chico Buarque e Milton Nascimento).

    Conheça novos artistas a partir daqueles que você já é fã

    A interface do site é bastante descomplicada, o que torna fácil o seu uso para qualquer usuário. Tudo no site é bem explicado e localizado, com certeza nenhum usuário ficará perdido. Outro ponto positivo é a qualidade do som, que se assemelha muito ao MP3, diferentemente de outras rádios online.

    Portanto, se você é um apaixonado por música ou só quer fazer o tempo passar de forma descontraída, Rockola.fm sem dúvida é uma das melhores alternativas gratuitas que a internet possui. Não deixe de acessar e começar a ouvir!

    Trilha sonora de ‘Ciranda de Pedra’ resgata clássico com Elis Regina e músicas dos anos 50, 60 e 70 em novas leituras

    Posted in ANA PAULA ARÓSIO, AUDIO, CIRANDA DE PEDRA, MARCELLO ANTONY on 18 de Junho de 2008 by os.maias

    Publicada em 17/06/2008 às 08h08m

    Christina Fuscaldo – O Globo Online

    Capa do CD que traz a trilha sonora de 'Ciranda de pedra' / Reprodução

    RIO – Na voz de Elis Regina, a música “Redescobrir” é mesmo um sucesso. Doze anos depois de ser escolhida como tema de abertura da novela “Razão de viver”, do SBT, a canção de Gonzaguinha volta com tudo em “Ciranda de pedra”. De segunda a sábado, é possível cantarolar os versos (“Como se fora brincadeira de roda / Memória! / Jogo do trabalho na dança das mãos / Memória!”) junto com Elis assim que começa a trama das 18h, que, por coincidência ou não, também é protagonizada por Ana Paula Arósio.

    Ouça ‘Redescobrir’, com Elis Regina

    Ouça ‘Chovendo na roseira’, com o grupo BR6

    Ouça ‘Com essa cor’, com Monique Kessous

    No CD que traz a trilha sonora da novela de Alcides Nogueira baseada na obra homônima de Lygia Fagundes Telles, Tom Jobim é outro que aparece vivíssimo. Com uma música no disco, “Chega de saudade”, o ícone da bossa nova tem duas composições no repertório: o grupo vocal BR6 interpreta “Chovendo na roseira” e Milton Nascimento toca “Brigas nunca mais” acompanhado do Jobim Trio.

    Divulgação / Leo Lemos / E mail - TV - Natércio ( Daniel Dantas ) , Laura ( Ana Paula Arósio ) e Daniel ( Marcello Antony ) em 'Ciranda de pedra'

    O disco resgata a música brasileira dos anos 50, 60 e 70, mas muitas delas em novas versões. Diogo Nogueira, por exemplo, canta “Tiro ao Álvaro”, um clássico consagrado por Adoniran Barbosa. Roberta Sá faz a sua leitura de “Amor blue”, de Sueli Costa. Do álbum “Eu me transformo em outras”, que Zélia Duncan lançou em 2004, veio para a trilha de “Ciranda de pedra” a música “Quando esse nego chega”, de Haroldo Barbosa, compositor famoso nos anos 30 e 40. Ainda no disco, Fernanda Takai interpreta “Trevo de quatro folhas”, música que em 1981 foi tema da primeira versão da novela na voz de Nara Leão.

    O disco traz ainda artistas revelação. Herdeiro de Gonzaguinha, Daniel Gonzaga interpreta “Rapaz de bem”, de Johnny Alf e a novata Monique Kessous apresenta uma composição própria, “Com essa cor”. Da turma mais antiga, estão lá Gal Costa (“E daí?”), The Originals (“Uma história pra ficar”) e Gilberto Gil, que divide o microfone com Marjorie Estiano em “Chiclete com banana”.