Secretário de saúde divulga boletim epidemiológico H1N1

Segundo boletim, na cidade foram notificados 16 casos suspeitos de H1N1, 13 descartados e 03 em aberto. Dos 16 casos, 14 foram tratados como domiciliares e 02 necessitaram de internação hospitalar.

A Prefeitura Municipal de Caratinga, através da Secretaria Municipal de Saúde enviou no início da noite de hoje, 19h30, à redação do Super Canal um boletim epidemiológico que relata a atual situação do município em relação a casos suspeitos de H1N1 (gripe suína). Conforme consta em documento, Caratinga até o momento está em nível de alerta tipo 2 (sem evidências de vírus H1N1 em circulação entre as pessoas) no que se refere a Pandemia de Gripe suína.

Foram notificados 16 casos como suspeitos de H1N1, sendo13 descartados e 03 em aberto. Dos 16 casos, 14 foram tratados como domiciliares e 02 necessitaram de internação hospitalar.

Leia na íntegra o relato divulgado em boletim:

“O primeiro Caso se tratava de uma mulher de 30 anos que viajou para Uberlândia, esteve internada, melhorou e aguarda o resultado do exame coletado pela GRS de Coronel Fabriciano. O segundo caso se tratava de uma mulher de 50 anos que viajou para o Rio de Janeiro e retornou dia 26/07/2009. A sra citada era portadora de Hipertensão Arterial, insuficiência Venosa e problemas pulmonares, fazia uso de losartan,hidroclorotiazida e prednisona(corticóide).
Conforme informações da equipe médica que a acompanhou, chefiada pelo Dr Denes M Figueiredo, a paciente iniciou com sintomas de tosse seca, mialgia,febre e vômitos em 20/08/09 avaliada no Pam, sendo considerada como caso suspeito de H1N1, foi indicada a internação com isolamento respiratório, iniciou-se o uso de Oseltamivir, foi coletado exame laboratorial e encaminhado para o laboratório de referência do Estado de Minas Gerais.
Segundo o médico não foi possível determinar durante a internação se o diagnóstico seria Pneumonia bacterina ou por H1N1, mas por não haver história epidemiológica compatível, ou seja, os sintomas de H1N1 aparecem em média de 07 a 10 dias após o contágio e nesse caso os sintomas apareceram 25 dias depois do retorno do Rio de Janeiro, foi considerada também a hipótese de Pneumonia bacteriana e prontamente tratada.
A paciente evoluía bem, porém em 29/08/2009 apresentou piora respiratória aguda e veio a falecer com o diagnóstico de Edema Agudo de Pulmão.
Diante do exposto e discutido com a equipe médica, no momento não é possível determinar a causa da morte dessa senhora, ficando na dependência do resultado do exame coletado pela GRS de Fabriciano.
Normalmente, o resultado do exame demora em média 30 dias para ser informado ao município, mas a secretaria de Saúde de Caratinga contactou o laboratório de referência em Belo Horizonte e o mesmo irá priorizar o exame com possibilidade de resultado até 08/09/2009.
A prefeitura de Caratinga compartilhará as informações e as tornará públicas, assim que receber o resultado. Existe em Caratinga o Comitê de Enfrentamento da gripe suína que se reunirá novamente no dia 08/09/2009 e discutirá a questão.

Caratinga, 03 de Setembro de 2009.

Roberto Carlos Ferreira de Almeida
Secretário Municipal de Saúde de Caratinga
Presidente do Colegiado de Secretários de Saúde de Minas Gerais-Regional Coronel Fabriciano

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: