Gripe suína: mais cem mortos


Novo vírus já matou 657 pessoas no Brasil, que continua com o maior número absoluto de óbitos do mundo. Em relação à taxa de mortalidade, País passou do 7º para o 6º lugar

Rio – O número de mortes confirmadas por gripe suína no Brasil subiu para 657 — 100 a mais do que no boletim anterior, divulgado há dez dias. O País ainda é o líder mundial em número absoluto de mortes, à frente de EUA (556), Argentina (465), México (193) e Austrália (155). E passou a ter a 6ª maior taxa de mortalidade, calculada em relação à população: 0,34 óbito por 100 mil habitantes. O Brasil ocupava antes a 7ª posição.

“Um dos fatores para explicar o grande número de registros é a transparência das autoridades. Há alguns países que apontam como causa da morte pneumonia ou outras complicações que foram decorrentes da nova gripe”, disse David Mercer, diretor regional do Departamento de Doenças Infecciosas da OMS na Europa.

A boa notícia é que os casos graves caíram por três semanas consecutivas no Brasil: de 1.165, de 9 e 15 de agosto; para 639 em seguida; e 151 na última análise, entre os dias 23 e 29.

O Rio é o 4º estado com maior número de mortos: são 66, atrás de São Paulo (261), Paraná (186) e Rio Grande do Sul (100). Ontem foram contabilizadas mais 6 mortes no Rio: a da gestante Geize Cordeiro, 28, dia 4 de agosto, em Caxias; de bebê de 4 meses, em Araruama; de adolescente de 13 anos e de homem de 36, na capital; de mulher de 27 anos, em Niterói; e de homem de 62 anos, em Nova Iguaçu. Embora o Ministério da Saúde registre 66 mortes no Rio, o governo do Estado contabiliza 60.

MAIS H1N1

VACINAS
As vacinas contra gripe suína terão preços que podem variar de R$ 5 a R$ 38, de acordo com a renda dos países. Os mais pobres pagarão preços até 50% menores . A informação é da Organização Mundial de Saúde (OMS), que já avisa: “Não haverá vacinas para todos no mundo”.

CONTÁGIO
A gripe suína está se propagando mais rápido na região sudeste dos Estados Unidos, onde as escolas iniciaram as aulas mais cedo do que em outros locais após as férias de verão, segundo o Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

SEM AULAS
O prefeito de Bandeirantes (PR), Celso Silva, decretou recesso sanitário nas escolas da cidade, devido à gripe. A Secretaria de Saúde do Paraná confirmou ontem 202 mortes pela gripe — o número é maior do que o divulgado hoje pelo ministério, que confirma 186.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

disque saúde 0800 61 1997
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasilia / DF
CEP: 70058-900

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: