Farmanguinhos apresenta antiviral contra gripe suína

25/08/2009 – 15:08

Visando inicialmente ao combate às endemias rurais, o Ministério da Saúde criou, em 1956, um serviço de investigação e produção de medicamentos. Vinte anos depois, o laboratório foi ampliado e integrado à Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz. Ali nasceu o Instituto de Tecnologia em Fármacos – Farmanguinhos, hoje, um dos mais importantes laboratórios oficiais do Brasil, responsável por garantir à população o acesso à medicamentos essenciais.

A proposta do Farmanguinhos é ser um centro de referência em pesquisa, tecnologia e produção de medicamentos. Para tal, o Instituto estabeleceu como estratégia a promoção de parcerias com os setores público e privado para a produção de fármacos oriundos de plantas ou síntese química e para o desenvolvimento de formulações farmacêuticas.

A Fiocruz tem papel estratégico de suporte à política nacional de medicamentos do Ministério da Saúde. A Fundação desenvolve medicamentos e tecnologia para produtos farmacêuticos de origem sintética e natural, de forma a atender às necessidades de programas do ministério, dos estados e municípios, favorecendo as ações do Sistema Único de Saúde (SUS). E o Farmanguinhos é a Unidade da Fiocruz responsável pela produção destes insumos. Atualmente, fabrica mais de 60 medicamentos, entre eles, antibióticos, antiinflamatórios, antinfecciosos, antiulcerantes, analgésicos e produtos dermatológicos; medicamentos para doenças endêmicas como malária e tuberculose; drogas anti-retrovirais para aids; medicamentos para doenças do sistema cardiovascular e do sistema nervoso central e para os programas de hipertensão e diabetes.

De 26 a 28 de agosto, o Farmanguinhos apresentará seu portfólio de medicamentos na CPhI South America 2009, maior e mais importante feira de ingredientes farmacêuticos da América Latina, que acontece em São Paulo.

Entre os medicamentos que serão apresentados no evento, destaque para o Oseltamivir, antiviral que vem sendo indicado no tratamento de pacientes infectados pelo vírus causador da gripe suína. O Oseltamivir foi desenvolvido, entre 2007 e 2008, por Farmanguinhos utilizando o princípio ativo adquirido da Roche pelo Ministério da Saúde em 2006. Os testes realizados pela equipe do Instituto demonstraram que o produto é equivalente ao Tamiflu, inclusive em relação à estabilidade, e o medicamento poderia ser disponibilizado para produção em larga escala a critério do Ministério da Saúde.

Sorocaba confirma morte de mulher de 56 anos

Nesta terça-feira, a Prefeitura de Sorocaba confirmou a morte de uma mulher de 56 anos, vítima de gripe suína. Ela morreu no último dia 18 e estava no grupo de risco, por ser hipertensa e cardiopata. É a terceira morte registrada na cidade, que tem 164 casos confirmados da doença.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: