Angola registra casos da gripe A (H1N1) em brasileiros

26-08-2009 08:54:53

Luanda, 26 ago (Lusa) – Angola registrou os primeiros casos de gripe A (H1N1), dois cidadãos brasileiros recém chegados ao país e dois angolanos, que viajaram recentemente para a África do Sul e para Portugal com passagem pela Espanha.

O ministro angolano da Saúde, José Van-Dúnen, divulgou o surgimento dos primeiros casos em Angola numa reunião regular da Comissão Interministerial de acompanhamento e prevenção da gripe no país africano.

Ele adiantou ainda que as quatro pessoas infectadas estão em quarentena nas suas casas e o diagnóstico foi obtido depois de se terem deslocado aos serviços de saúde com sintomas de gripe.

Depois de diagnosticados estes casos, as equipes sanitárias, ainda segundo Van-Dúnen, deslocaram-se a casa dos pacientes para fazerem um controle mais rigoroso.

“Não há razão para pânico”, garantiu o ministro da Saúde angolano, assegurando que a comissão tem a situação controlada e que “as medidas são as mesmas já anunciadas: o reforço do controle e a higiene pessoal”.

Pediu, no entanto, que todos aqueles que tenham quaisquer dos sintomas divulgados se dirijam aos centros de saúde e aos postos médicos.

Estes são os primeiros casos de gripe A (H1N1) em Angola, mas Van-Dúnen lembrou que na África já foram registrados mais de 3.800 casos, e defendeu o aumento das campanhas de sensibilização e informação.

Ele afirmou também que foi diagnosticada uma cidadã angolana com o vírus da gripe A (H1N1) em Cabo Verde, mas que está a ser devidamente acompanhada.

Antes do registro dos primeiros casos em Angola, as autoridades de Luanda já tinham, no final de julho, anunciado o reforço das medidas de prevenção com o conhecimento do surgimento de vários casos em países vizinhos, como a Namíbia e a África do Sul.

Segundo o vice-ministro angolano da Saúde, Carlos Alberto Masseca, as medidas de vigilância epidemiológica foram redobradas nos aeroportos internacional 4 de Fevereiro, de Cabinda, Huíla, Cunene e Soyo.

Nos portos de Cabinda, Soyo, Luanda, Lobito e Namibe as medidas foram igualmente reforçadas.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: