Mais porcos na Austrália podem estar com vírus da gripe A H1N1

25/08/2009 – 10:53 | Sancler Ebert

Austrália, 25 (AE) – Uma terceira fazenda de criação de porcos na Austrália foi colocada em quarentena, pela suspeita de gripe A H1N1, nesta terça-feira. O número de pessoas mortas após adquirirem o vírus no país chegou a 132.

Autoridades ordenaram a restrição a uma fazenda no Estado de Queensland. Há o temor de que a influenza A (H1N1) possa sofrer mutações e então atingir os humanos mais gravemente.

Duas outras fazendas de porcos, uma no Estado de New South Wales e a outra em Victoria, já estão em quarentena, após testes confirmarem que havia animais infectados pelo vírus nesses locais. O chefe de biossegurança veterinária de Queensland, Ron Glanville, disse que amostras dos porcos na mais recente fazenda suspeita foram retiradas. Os testes devem estar prontos nos próximos dias.

Glanville disse que a propriedade será isolada, para impedir a propagação da doença. Segundo autoridades de saúde, a gripe A H1N1 em porcos não afeta os produtos derivados do animal.

Especialistas temem que a gripe A H1N1, de fácil contágio, mas com mortalidade relativamente baixa, possa sofrer mutações em outros animais e, em tese, emergir em uma forma mais virulenta.

A gripe A H1N1 já atingiu 33.844 pessoas na Austrália, com 440 hospitalizadas, 100 delas com casos mais graves. Há testes em andamento para a produção de vacina, com imunização em massa da população prevista para começar em outubro.

TUFÃO – Aproximadamente 400 pessoas ficaram doentes em uma vila no sul de Taiwan afetada pela passagem do tufão Murakot, mais cedo neste mês. Os moradores da vila de Wannei, no condado de Pingtung, desenvolveram febre alta, diarreia e vômitos nos últimos cinco dias, segundo o chefe da vila, Lin Wang-hung.

Segundo Lin, os testes para a doença ainda não ficaram prontos. Ele disse temer uma contaminação da água da região durante a passagem do tufão.

Um funcionário de saúde local, porém, disse que é improvável que o grupo esteja com gripe A H1N1. “Nós suspeitamos de leptospirose, que tem sintomas semelhantes, como febre e diarreia”, notou Chang Hsin-che, diretor do escritório de saúde local.

A leptospirose é uma doença comum após enchentes. O Morakot matou pelo menos 376 pessoas, deixando 254 desaparecidos, segundo autoridades taiwanesas.

As informações são da Dow Jones.

Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: