Presente no Senado, Sarney ignora discurso de Mercadante

21/08/2009 – 12h40


Publicidade

MÁRCIO FALCÃO
da Folha Online, em Brasília

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), estava nesta sexta-feira na Casa, mas não assistiu ao discurso do líder do PT, Aloizio Mercadante (SP), em plenário, recuando da decisão de entregar o comando da bancada. A Folha Online apurou que no momento Sarney concedia entrevista a uma emissora de televisão.

Durante o discurso, Mercadante reafirmou que defendeu a licença temporária de Sarney da presidência como uma resposta à crise que atinge a imagem do Senado. “Disse, e a minha bancada sustentou, que o melhor caminho era a licença do presidente Sarney, uma licença voluntária, num gesto de grandeza para preservar o Senado, e uma apuração rigorosa”, disse.

Mercadante usa apelo de Lula para recuar na renúncia ao cargo de líder
Para tucanos, apoio do PT a Sarney une PMDB a Dilma
Nomeações ligam gabinete de Sarney aos atos secretos

Mercadante disse ainda indiretamente que era a favor da abertura de investigação contra o presidente do Senado no Conselho de Ética da Casa.

“Meu sentimento mais profundo, a minha vontade neste momento é de deixar a liderança, porque não tivemos força para construir um caminho alternativo. Esbarramos na maior bancada do Senado, que é o PMDB, que teve um papel fundamental nesse processo. Esbarramos, infelizmente, no apoio que o meu governo e a direção do meu partido deram a essa resposta que foi dada e que não era a posição da nossa bancada, não foi nunca a minha posição”, afirmou.

PUBLICIDADE

A situação de Mercadante ficou mais delicada depois da votação no Conselho de Ética. Senadores do partido acusaram Mercadante de ter descumprido o acordo combinado com a cúpula do PT para responsabilizar a presidência nacional da legenda pela orientação do voto pró-Sarney.

O senador Delcídio Amaral (PT-MS) ficou irritado porque Mercadante não leu nota do presidente da legenda com a recomendação do arquivamentos dos processos contra Sarney. No lugar de Mercadante, o senador João Pedro fez a leitura da nota no plenário do conselho.

Delcídio e Ideli Salvatti (PT-SC), que resistiam em votar, e João Pedro confirmaram os votos do PT a favor do arquivamento das ações contra Sarney.

Información Influenza 2009

Flu.gov Flu.gov Share This Widget

Ícono de enlaces externos

$().ready(function(){ var cdcLeftNav = new CDC.LeftNav(“nav-primary”); cdcLeftNav.render(); }); <!–

Swine Flu Info
Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: