Mortes por H1N1 superam 400; vírus pode estar recuando

Plantão | Publicada em 18/08/2009 às 21h29m

Reuters/Brasil Online

    if (qtdrec != ”) { //var mediarec = (parseInt(notasrec)/parseInt(qtdrec)) media_estrelas_recomendar(qtdrec, notasrec); } else { media_estrelas_recomendar(1,0); }

SÃO PAULO (Reuters) – A gripe H1N1 causou ao menos 401 mortes no país, e o Ministério da Saúde acredita que há indícios preliminares de que a doença possa estar recuando no Brasil.

De acordo com balanço divulgado pela pasta nesta terça-feira, houve uma diminuição no número absoluto de casos graves pelo novo vírus na última semana.

“Portanto, trata-se de um indicativo ainda preliminar de que a doença pode estar recuando”, afirmou o órgão, em comunicado.

Para o ministério, o índice pode não refletir a realidade, pois muitos casos podem não ter sido notificados no sistema nacional pelos órgãos regionais de saúde.

No Rio Grande do Sul, a secretaria da Saúde afirmou que o número de casos está diminuindo “significativamente” no Estado.

No boletim do ministério, o Brasil permanece na terceira posição em número de óbitos, atrás dos Estados Unidos e da Argentina, mas à frente do México, epicentro da pandemia global da nova gripe.

A taxa de mortalidade registrada no país é de 0,19 óbitos para cada grupo de 100 mil habitantes, a nona entre os 15 países mais afetados pela doença. Há uma semana, esta taxa era de 0,09.

DADOS DIVERGENTES E RISCO

Dados das Secretarias Estaduais da Saúde indicam pelo menos 401 vítimas pela gripe H1N1. O novo boletim do Ministério da Saúde confirma 368 óbitos até 15 de agosto.

Segundo o ministério, São Paulo é o Estado mais atingido, com 151 óbitos. Rio de Janeiro teria 45 óbitos, mas a secretaria Estadual confirmou à Reuters 43 mortes.

O boletim informou ainda dez mortes em Santa Catarina e sete mortes em Minas Gerais, dados não confirmados pelas secretarias, que informaram nove e cinco óbitos, respectivamente.

Das 368 mortes confirmadas pelo ministério, 185 vítimas (50,3 por cento) tinham algum fator de risco, sendo que 46 pessoas (12,5 por cento) eram gestantes, inseridas no chamado grupo de risco, que também inclui idosos, obesos ou pacientes com doenças anteriores ou em tratamento.

De acordo com as secretarias Estaduais de Saúde, também foram confirmadas mortes no Paraná (107 óbitos), Rio Grande do Sul (78) e Paraíba (2). Bahia, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco e Rondônia tiveram uma morte cada.

Nesta terça-feira, a regional Nordeste da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) vetou a água benta nas entradas das igrejas e orientou que as hóstias sejam distribuídas nas mãos dos fiéis.

O órgão, em nota, pediu que, nas orações, sejam evitados abraços e mãos dadas.

No município de Uberlândia, a partida entre o Uberlândia e o Araguaia, pela série D do Campeonato Brasileiro, será realizada com portões fechados nesta terça-feira para evitar a disseminação do vírus H1N1. Este será o primeiro jogo oficial a ser disputado com estádio vazio devido à nova doença.

Há duas semanas, uma decisão judicial obrigou a distribuição de máscaras para torcedores que acompanharam o jogo entre Santos e Coritiba, em Cascavel (PR), pela primeira divisão do Brasileiro.

Swine Flu Info
Gripe A H1N1

Fale com o Ministério

Antes de enviar sua mensagem consulte a seção Perguntas Freqüentes. Sua dúvida já pode estar respondida. Caso queira registrar uma reclamação ou denúncia preencha o formulário abaixo. Você também pode ligar para o Disque Saúde – 0800 61 1997, a Central de Teleatendimento do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, para receber informações sobre doenças e registrar reclamações, denúncias e sugestões.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: